> > > Escadas internas

REFERÊNCIAS /

Escadas internas

Além de conectarem um andar ao outro, as escadas internas podem se transformar em peças decorativas de casas, apartamentos e prédios, valorizando o espaço. Dependendo do projeto, podem assumir formatos variados, às vezes até escultóricos, além de diferentes tamanhos e cores. O material da estrutura, do revestimento dos degraus e do corrimão ou guarda-corpo também varia conforme o gosto do cliente: madeira, concreto ou concreto armado trazem um resultado mais rústico; ferro, vidro, aço inox ou alumínio dão um ar moderno; e mármore ou granito combinam com ambientações mais clássicas. Veja referências e escolha a sua!

Escadas internas podem ter diferentes tipos de degrau. Os modelos vazados deixam o ambiente mais leve, facilitam a circulação de ar e a iluminação natural. Para tornar essa opção mais segura, principalmente em locais públicos, é importante aplicar faixas antiderrapantes. Nos modelos em balanço, uma extremidade é presa à parede e a outra fica livre, dando a impressão de que os degraus estão flutuando – o que, diga-se de passagem, confere um toque original ao projeto.

Os formatos de escada mais pedidos são caracol, J, L, U, reto e jacaré. O reto, por ter volume maior, é bastante comum em prédios. Já o caracol é mais interessante em residências, pois ocupa menos espaço.

Os preços variam bastante: a mais barata é a de ferro, seguida pela de concreto. As de madeira são mais caras. Em grandes obras, o concreto acaba sendo o material escolhido pelo custo-benefício e pelo fato de se poder repetir o mesmo modelo ao longo de todo o projeto, por meio do uso de fôrmas (apenas o concreto permite a modelagem em fôrmas, geralmente de madeira ou metal). Além disso, é um material durável e que não precisa de manutenção, desde que sejam utilizados tinta e revestimento apropriados.

Pré-moldada

Superprática, a escada pré-moldada já chega pronta ao local onde será instalada (em grandes obras, é necessário um guindaste ou uma grua). A instalação varia de acordo com o formato: chumbada na parede, no eixo central, na caixaria para viga central, fixada com parafusos etc. Enquanto consoles e vigas pré-moldados são instalados com a elevação da alvenaria, a escada e a laje são colocadas juntas.

É essencial que a inserção de um modelo pré-moldado seja previsto no início do projeto para que o local possa ser medido corretamente e um desenho em 3D, produzido.

Sob as escadas

A área vazia abaixo da escada pode ser aproveitada das mais variadas formas: pode abrigar um jardim, espelho d’água ou armário, ou ainda virar uma adega ou estante. O espaço entre os degraus também pode ser utilizado para guardar discos, CDs, DVDs e livros. Dessa forma, a escada torna-se duplamente funcional.

Veja também: 15 modelos de escadas que vão surpreender você. E mais: referências de Escadas externas e rampas

novidadesfechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo