> > > Brinquedotecas

REFERÊNCIAS /

Brinquedotecas

As brinquedotecas são ambientes que reúnem brinquedos, livros e jogos para crianças e pré-adolescentes. Além disso, também oferecem atividades lúdicas e de entretenimento acompanhadas por monitores com a função de colaborar com o desenvolvimento infantil.

Este espaço pode integrar o programa de diversas tipologias de projeto, sendo mais comuns em hospitais e escolas. Confira nossa seleção de imagens e se inspire!

VARIADADE DE FUNÇÕES

As brinquedotecas podem atender a demandas de diversas modalidades da sociedade. Em comunidades e bairros, dentro de projetos culturais, promovem relações de vizinhança. Existem, inclusive, brinquedotecas itinerantes projetadas em ônibus e caminhões, que visitam regiões carentes de obras.

Já os espaços projetados em universidades servem como instrumento de pesquisa para disciplinas que se relacionam com o público infantil, como pedagogia e até mesmo psicologia. Em bibliotecas e centros culturais, devem incentivar a leitura. Em escolas e creches, têm finalidade pedagógico-educativa.

Esses ambientes também podem ser projetados em construções residenciais, para que as crianças reúnam seus brinquedos, ou em locais comerciais, como shoppings e lojas em geral, nos quais assumem a função temporária de entreter o público infantil.

BRINQUEDOTECAS HOSPITALARES

De acordo com a Lei N° 11.104 de 2005, é obrigatória a instalação de brinquedotecas nas unidades de saúde que ofereçam atendimento pediátrico em regime de internação. Isso porque esses ambientes garantem diversos benefícios para a saúde da criança.

Em clínicas terapêuticas, eles auxiliam no tratamento de deficiências, geralmente com brinquedos adaptados. Já em clínicas psicológicas, ajudam a coletar dados acerca do comportamento de crianças e facilitam possíveis intervenções. O espaço deve oferecer segurança e comodidade, assegurando e estimulando o brincar.

DICAS PARA PROJETAR

As brinquedotecas devem permitir que as crianças participem de atividades e brinquem livremente. Nesse sentido, é importante que o espaço tenha poucos móveis – em geral, baús, cestos, armários e prateleiras atendem às necessidades básicas.

Para garantir comodidade e segurança, o ideal é optar por tapetes ou pisos de borracha, geralmente personalizados com cores e até estampas. Pufes são ótimas opções para assento.

Os móveis e demais itens de decoração interna devem ter formato arredondado para evitar acidentes. A composição dos elementos deve equilibrar linhas horizontais e verticais, conciliando estímulos de calma e ação — respectivamente.

A brinquedoteca deve oferece iluminação e ventilação adequadas, conferindo maior conforto às crianças e, também, aos profissionais que nela trabalham. Tomadas devem ser projetadas em uma altura que os menores não alcancem e janelas devem ser protegidas com grades.

Veja também:

Referências de bibliotecas e salas de leitura

Especificação de pisos para briquedotecas e playgrounds não é brincadeira

novidadesfechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo