> > > Queen Shoes

Queen Shoes

Queen Shoes
O movimento geométrico marca a arquitetura da loja Queen Shoes, concebida pelo escritório Studio Guilherme Torres Foto/Imagem:MCA Estúdio

Aventura futurista

As referências cinematográficas inspiraram o escritório de arquitetura Studio Guilherme Torres no desenvolvimento do projeto da loja de calçados Queen Shoes, criado como uma verdadeira nave espacial. Após a reforma, a construção passou a ser definida pela imensidão branca, envolvida por linhas retas e formatos geométricos.

Localizada em um shopping em Londrina (PR), a loja recebeu inspiração nos soldados brancos do filme Star Wars. O projeto adota não somente a cor, como também a fragmentação da armadura, representada no projeto arquitetônico pelo gesso acartonado, seccionado em diversas fatias. Ainda nessa esfera, longas como 2001 – Uma Odisseia no Espaço e a Fortaleza da Solidão – castelo de cristais construído pelo personagem Superman –, reforçam a busca pelo branco, tido como ‘novo’ e, por isso, associado ao futurismo.

“A loja foi repaginada em 2009 devido ao regulamento do shopping, que exigia a renovação de todos os estabelecimentos a cada cinco anos. Então, pela tendência a mudanças, escolhemos o gesso, um material leve e resistente, que facilita as intervenções”, pontua o arquiteto Guilherme Torres.

Concepção geométrica

A expressividade espacial da loja resulta da impressão de movimento das dezoito fatias de gesso com 42cm de espessura, que surgem na fachada e se estendem tanto para as paredes, quanto para o teto do local.

“A parte frontal é a primeira fatia que sofre as subtrações para criar as aberturas. A partir dela, as demais vão se movimentando e se repetindo, esculpindo-se uma a uma para construir o espaço interno”, explica Torres.

Outro elemento marcante da Queen Shoes é o balcão de atendimento, devido ao recorte da caixa branca, que segue a linguagem das fatias e se concretiza como uma escultura flutuante. Atrás dele, levanta-se um painel na cor vermelha que esconde a escada de acesso, o estoque no mezanino e um pequeno depósito.

O piso de madeira, instalado em ripas desiguais, é um contraponto à frieza dos materiais. Ele aquece visualmente o ambiente e enfatiza a geometria das fatias, enquanto o pé-direito alterna a altura entre 2 a 3 metros devido ao desenho do teto.

Eficiência acústica e sustentabilidade

As propriedades do gesso acartonado, aliadas à volumetria do teto e das paredes, resultaram em um ambiente acusticamente funcional.

Com o projeto luminotécnico determinado pela instalação de telas tensionadas nas faces de algumas fatias, a luz é distribuída homogeneamente. “Foram utilizadas somente lâmpadas T5, que oferecem eficiência luminosa, com pouco gasto energético e produzem menos calor”, detalha Guilherme Torres.

Assim, comparando a loja antes da reforma, o sistema de iluminação também contribuiu para a economia de energia equivalente a 70%, pois ao emitir menos calor, a necessidade de ar-condicionado é reduzida. Segundo o arquiteto, o resultado é a criação de um ambiente praticamente sem sombras e eficiente energeticamente.


Fornecedores desta obra

Forro de Gesso

Gypsum Drywall

Escritório

Studio Guilherme Torres19 projeto(s)

Local: PR, Brasil
Início do projeto: 2009
Conclusão da obra: 2009
Área construída: 90

Tipo de obra:
Lojas
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo