> > > Sodré272

Sodré272

Sodré272
A localização do Sodré272 possibilitou uma forte ligação do edifício e dos moradores com o entorno. Seu projeto é assinado pelo escritório Oficina Conceito Arquitetura Foto/Imagem:Marcelo Donadussi

Conexão urbana

Ao projetar o edifício residencial Sodré272, no bairro de Passo d’Areia, em Porto Alegre (RS), o escritório Oficina Conceito Arquitetura estabeleceu uma singela ligação com o entorno. De acordo com o arquiteto Maurício Ambrosi Rissinger, o prédio em concreto aparente construiu uma escala mais humana com a cidade, não só por sua materialidade, como também pelo respeito à paisagem urbana e às construções vizinhas.

Uma curiosidade é que o projeto arquitetônico foi implantado num lote bem peculiar, em uma “falsa” esquina criada a partir da canalização do Arroio da Areia, um dos canais que liga o curso da água na capital gaúcha.

Esquina inusitada

O programa do Sodré272 foi organizado a partir dessa esquina, que se tornou o ponto de partida da obra. Ao observar a orientação solar norte, o arquiteto decidiu criar um volume diferente na vizinhança. “Optei por voltar o prédio para a passagem de pedestres através de grandes sacadas”, revela.

As sacadas agem com funções distintas, mas foram essenciais para a implantação do edifício de acordo com o idealizado. Elas tornam os moradores os próprios “seguranças” da rua e auxiliam na proteção solar em dias quentes. Em contrapartida, para os períodos em que os raios solares são mais baixos, foram instalados grandes painéis deslizantes que filtram a luz e trazem a textura e o toque da madeira natural à volumetria.

O prédio foi implantado em uma “falsa” esquina, criada a partir da canalização do Arroio da Areia, um dos canais que liga o curso da água da cidade de Porto Alegre (RS) Foto: Marcelo Donadussi

As fachadas leste e oeste foram envolvidas por grandes caixas de concreto aparente, porém, com volumes independentes que abraçam a edificação até a face sul. Para Rissinger, essas caixas oferecem robustez ao Sodré272, tornando-se até parte do mobiliário interno, pois podem ser utilizadas pelos moradores como bancos e móveis embutidos.

“Para concluir o volume total do prédio, deixamos toda a circulação vertical em concreto aparente, podendo se conectar de forma material aos blocos de mesmo material nas fachadas”, completa o arquiteto.

Programa flexível

O intuito era projetar um edifício residencial equilibrado entre a solidez da volumetria em concreto aparente e a liberdade de amplas aberturas, para que tivesse diferentes conexões com a luz natural nos ambientes internos e a estrutura com o entorno.

Para isso, o arquiteto propôs um programa flexível, que acompanhasse os moradores ao longo da vida e que sempre mantivesse contato com o entorno, respeitando a topografia original e as construções vizinhas. As plantas dos apartamentos foram projetadas com layouts diferentes. Elas vão de lofts com espaços integrados até apartamentos de um, dois ou três dormitórios, justamente para a flexibilidade espacial

Além disso, há uma cobertura no edifício construída para o lazer. O espaço conta com uma área de churrasqueira, jardim com telhado verde e bancos de madeira para que os moradores possam sentar, ler, conversar e passar o tempo. “Lá de cima, podemos perceber uma escala do bairro e até notar a fácil interação entre o morador e a rua”, conclui Rissinger.

Veja outros edifícios residenciais na Galeria da Arquitetura:

Edifício Aruá, por FGMF Arquitetos

Edifício Fernando Abbott 866, por Arquitetura Nacional

Unitt Urban Living, por Basiches Arquitetos Associados

Escritório

Oficina Conceito Arquitetura9 projeto(s)

Local: RS, Brasil
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 977

Tipo de obra:
Edifícios Residenciais
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo