> > > Restaurante La Belle

Restaurante La Belle

Restaurante La Belle
Assinada pelo Studio Gabriel Bordin, a reforma do Restaurante La Belle buscou inspiração na temática náutica e se apropriou de uma paleta de cores chique e leve que inclui tons de azul, branco, bege e laranja terroso Foto/Imagem:Fábio Júnior Severo

Azul da cor do mar

Localizado na badalada praia de Balneário Camboriú (SC), o Restaurante La Belle passou por um retrofit em 2019, que se inspirou na Riviera Francesa e na temática marinha.

O beach club conta com 480 m² e um layout funcional e contemporâneo que agrada os turistas. O azul royal misturado ao branco conferiu personalidade à casa, enaltecendo a linguagem náutica.

O grande desafio para o Studio Gabriel Bordin foi redesenhar os fluxos do empreendimento para atender às suas duas funções: um restaurante de alta gastronomia e uma balada.

“O programa foi dividido em três áreas paralelas! Marcando a passagem da rua para o interior, os clientes percorrem a varanda com vista para o mar, adentram no restaurante e chegam à pista de dança. Esses espaços foram divididos com cortinas ou sistemas de vidro deslizante para que possam ser integrados ou separados quando necessário. A divisão ainda se dá por uma graduação na linguagem do espaço, iniciando mais clara e praiana na varanda e terminando mais noturna no espaço de eventos”, sintetiza o arquiteto Gabriel Bordin.

Para diferenciar a área do bar, revestimento e mobiliários receberam tons de areia Foto: Fábio Júnior Severo 

O azul, bastante explorado pelos arquitetos, pode ser contemplado pelos clientes desde o hall de entrada, onde domina as paredes, o teto e o revestimento listrado de azul e branco no piso. O resultado é uma unidade espacial sofisticada e, ao mesmo tempo, lúdica.

Ainda na entrada, uma gaiola dourada em escala humana – inserida a pedido do cliente – é complementada com espécies de folhas e luzes pontuais, resultando em um espaço fotográfico para as redes sociais.

Para a varanda, elementos brancos – do piso ao teto e peças decorativas – juntamente com as cortinas translúcidas criaram uma atmosfera iluminada e leve para o período diurno que é o primeiro horário de atendimento da casa. Além disso, a mobília mescla poltronas de bambu e de canudo e sofás de carpintaria brancos.

Harmonia entre cores

Combinando o clima tropical e a art déco com linhas suaves, o arquiteto buscou para a área do bar e do restaurante contrastar o dourado do metal ao dourado da palha e o mármore à madeira, sem exageros estilísticos, apenas referências sutis.

Nos sofás de veludo, o laranja terroso harmoniza com as tonalidades frias do restante do espaço. Separada por uma cortina, a pista de dança tem o piso na cor preta e as paredes reproduzem a estética das boiseries em boa parte do pé-direito. Ademais, a parede e o forro pintado em azul royal aumentam a sensação de amplitude do espaço.

 

Veja outros bares e restaurantes na Galeria da Arquitetura:

Wine Garden, por Babel Arquitetura

Restaurante Cebicheria, por Mínima Arquitetura

Restaurante Authoral, por BLOCO Arquitetos


Escritório

Studio Gabriel Bordin1 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Conclusão da obra: 2019
Área construída: 480

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo