> > > Wine Garden

Wine Garden

Wine Garden
Projetado pelo escritório Babel Arquitetura, o Wine Garden, em Brasília (DF), é elegante e despojado. Enquanto os clientes apreciam um bom vinho, podem contemplar a paisagem local Foto/Imagem:Júlia Tótoli

A céu aberto

Construído em um único container, o bar e restaurante Wine Garden nasceu com a proposta de ser temporário, devendo durar apenas o período de inverno. Mas o sucesso foi tanto que a casa - inspirada nos wine bars de várias partes do mundo - se tornou permanente no Pontão do Lago Sul, em Brasília (DF).

Para idealizar o novo espaço - de 390 m² -, os convidados convidaram o escritório Babel Arquitetura , que deveria criar uma proposta a céu aberto. Após um estudo de referências, o tempo de arquitetos base em um projeto que “descomplicasse” o conceito do vinho, trazendo elegância e, ao mesmo tempo, simplicidade para agradar todos os gostos.

Natureza enaltecida

Ao entardecer, luzes pontuais se tornam um elemento decorativo que moderniza o restaurante Foto: Júlia Tótoli 

O resultado do projeto do Wine Garden apresentam elementos marcantes que caracterizam a marca, além de grandes jardins e estufas de flores que trazem a natureza para dentro dos espaços.

A pedido dos empresários, foi instalada uma nova cobertura definitiva que substituiu a provisória usada nas épocas de chuva. O elemento em estrutura metálica tem um jogo de formas anguladas, cores vibrantes (amarelo e ocre) e transparências que contrastam e evidenciam o céu azul da cidade. Esses elementos marcam como áreas de entrada, bar, cozinha e banheiros, transmitindo aos clientes a sensação de permanecer todo o tempo ao ar livre.

Além do restaurante ser abraçado por várias espécies de palmeiras, arbustos e flores, toda uma estrutura da cobertura é revestida com trepadeiras e painéis telados fixados em diferentes alturas que servem de apoio para os grandes vasos de folhagens. Ademais, grandes luminárias pendentes artesanais compõem os espaços. Elas foram desenvolvidas sob medida com cúpulas de tecido em formas variadas e cordões de luzes. Todos esses itens decorativos ajudaram a criar um cenário perfeito para fotos atrativas.

Volumetrias ousadas

Os volumes que organizam a cozinha e os banheiros também são destaques. Projetados em uma estrutura de recipiente pintado de roxo, conferindo uma linguagem industrial e jovial que remete à cor do vinho. Já o volume do bar é versátil: adequa-se para as áreas de espera e de estar.

No balcão, os arquitetos idealizaram um distrito de vidro, onde os clientes podem interagir colocando suas próprias rolhas após o consumo dos vinhos. Na área descoberta, foram criados vários lounges com assentos estofados e mesas baixas.

A área externa é um grande atrativo, pois possibilita aos clientes tomarem um bom vinho a céu aberto e contemplar a paisagem de conexão com o Lago Paranoá, maior ponto turístico da cidade brasiliense.

Veja outros restaurantes na Galeria da Arquitetura:

Restaurante Alameda, por Biselli e Katchborian Arquitetos + Zanatta Figueiredo Arquitetos Associados

Shappa Burguer, por Paola Cimarelli Landgraf Arquitetura

Chicko, por Superlimão Studio


Escritório

Babel Arquitetura1 projeto(s)

Local: DF, Brasil
Conclusão da obra: 2020
Área construída: 390

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo