> > > Casa Rex

Casa Rex

Casa Rex
A Casa Rex – projetada pelo escritório Felipe Gonzalez Arzac Architect – é pequena, funcional e moderna, exatamente como desejavam seus proprietários Foto/Imagem:Javier Agustín Rojas

Leveza e modernidade

Um casal de moradores da província de Buenos Aires, na Argentina, convidou o arquiteto Felipe Gonzalez Arzac para projetar sua nova morada: a Casa Rex. A ideia principal era construir uma residência que desafiasse a gravidade – suspensa no ar, mesmo apoiada sobre dois pilares de concreto.

A morada escultural foi projetada para uma família que adora receber seus convidados com frequência. Assim, o escritório buscou priorizar uma ampla área de lazer para que pudessem desfrutar de bons momentos.

O elemento, por fora, é o volume que dá personalidade ao lar e gera muitas sensações – de perder os limites da gravidade e confundir interiores e exteriores Felipe Gonzalez

Organização fluida

Os ambientes da residência foram organizados em dois pavimentos – térreo e primeiro andar – totalmente diferentes em sua materialidade.

No térreo estão as salas de estar e jantar, a cozinha e uma área para festas. Quando os caixilhos de vidro se abrem, esses ambientes se estendem para a área de lazer com uma piscina. Além disso, à frente do bloco de concreto está a garagem. Ainda no pavimento, atrás das áreas de serviço e social, estão dois dormitórios destinados às crianças e hóspedes.

“Todos os espaços estão orientados ao centro do projeto e se expandem para o exterior”, conta o arquiteto Felipe Gonzalez.

A conexão entre o térreo e o primeiro andar é feita por uma escada que é bem provida de iluminação natural, graças à abertura zenital com vista para o céu. Assim, os moradores podem contemplar os diferentes estados antes de entrar no volume de concreto suspenso no andar de cima.

Uma caixa de concreto totalmente discreta abriga a suíte principal, que fica no primeiro andar. “O elemento, por fora, é o volume que dá personalidade ao lar e gera muitas sensações – de perder os limites da gravidade e confundir interiores e exteriores. Além disso, garante um silêncio absoluto aos proprietários devido ao material e à composição arquitetônica”, explica o arquiteto.

Fachada discreta

O volume em balanço na fachada está apoiado sobre dois pilares circulares e uma parede que se estende até a garagem. O escritório buscou preservar o aspecto natural dos elementos – concreto aparente e madeira – para criar uma harmonia entre os materiais.

O resultado foi um projeto arquitetônico com espaços abertos que possibilitam a integração com a área de lazer e, ao mesmo tempo, com o entorno.

Veja outras residências com volumes em balanço na Galeria da Arquitetura:

Casa Neblina, por FGMF Arquitetos

Residência L5QF, por Gabriel Bampa Arquitetura

Casa LB, por Jobim Carlevaro Arquitetos


Escritório

Felipe Gonzalez Arzac Arquitecto2 projeto(s)

Local: BU, Argentina
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 230

Tipo de obra:
Academias
Tipologia:
Esporte

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo