> > > Residencial Diogo Pires

Residencial Diogo Pires

Residencial Diogo Pires
A valorização da relação entre os espaços é estabelecida, justamente, em função da proximidade do edifício com a rua e pela opção por pátio interno como área coletiva Foto/Imagem:Divulgação - Boldarini Arquitetura e Urbanismo

Relação público e privado

Um projeto que tem como elemento principal a importância da ‘vida coletiva’ para a construção de uma cidade mais democrática. O conceito adotado pelo escritório Boldarini Arquitetura e Urbanismo na concepção do Residencial Diogo Pires, uma habitação de interesse social que faz parte das ações de urbanização da favela Nova Jaguaré, explora as relações entre público e privado por meio de espaços de usos variados. O objetivo? Realizar parte do reassentamento das famílias moradoras nas áreas de risco ou afetadas por obras de infraestrutura.

O edifício

Situado em um terreno de, aproximadamente, 11 mil m², o edifício tem 240 unidades habitacionais, 13 comerciais e um conjunto de áreas destinadas a lazer, recreação e estudos – ambientes distribuídos em duas lâminas justapostas com seis e oito pavimentos.

O projeto

No corpo principal está a praça que alia os trechos de domínio público e privado, além dos diversos ambientes para usos comerciais, serviços e atividades comunitárias. A valorização da relação entre os espaços é estabelecida, justamente, em função da proximidade do edifício com a rua e pela opção por pátio interno como área coletiva.

Junto à praça localiza-se a parte comunitária. Está a cinco andares, na cota 736.60, há uma grande varanda, que nada mais é do que um espaço de contemplação, com vista para praça, pátio e cidade.


Escritório

Boldarini Arquitetura e Urbanismo4 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área do terreno: 11.009
Área construída: 19.069

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

  • Arquitetura: Boldarini Arquitetura e Urbanismo
  • Arquitetura: Boldarini Arquitetura e Urbanismo - Marcos Boldarini, Lucas Nobre. Colaboração: Melissa Matsunaga, Juliana Junko, Larissa Reolon, Renato Bomfim e Ricardo Falcoski. Colaboração no desenvolvimento do Projeto Executivo – Centro Arquitetura – Carlos Ferrata, Diego Vernille da Silva, Miriane Sugawara, Fábio Takayama Garrafoli, Pablo Estefania Lopez, Camila Malachias, Bruna Aydar Semeghini
  • Construção: Schahin Engenharia - Execução das obras
Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo