> > > Residência Guaecá

Residência Guaecá

Residência Guaecá
O escritório Belluzzo Martinhão Arquitetos projetou este aconchegante refúgio litorâneo para receber duas famílias em busca de descanso e descontração. Assim, tanto o pavimento térreo quanto a cobertura são dedicados ao lazer Foto/Imagem:André Mortatti

Hospitalidade no litoral

Situada entre a montanha e o mar de Guaecá, em São Sebastião (SP), esta residência foi projetada por Belluzzo Martinhão Arquitetos para ser o refúgio de duas famílias. Isso explica seu extenso programa, com sete suítes, e seus ambientes amplos e otimizados, distribuídos em um terreno de 400 metros quadrados.

A integração é outra característica importante da Residência Guaecá, especialmente no pavimento térreo, onde se organizam as áreas sociais, piscina, áreas de serviço e duas suítes. O living foi projetado com pé-direito duplo para criar uma conexão visual entre os pavimentos e proporcionar amplitude, além de melhor circulação de ar e iluminação natural.

No pavimento superior, se distribuem as outras cinco suítes, sendo duas delas máster. Por fim, um segundo lance de escada leva à cobertura da casa, um espaço pensando para ser ponto de encontro dos proprietários e seus hóspedes, como uma continuação da área de lazer, com spa, solarium, fogo de chão e, para completar, as melhores vistas do entorno.

Materiais adequados

De acordo com Gustavo Martinhão, que encabeçou o projeto arquitetônico, a construção priorizou materiais que oferecem maior resistência à maresia, com destaque para as chapas perfuradas de alumínio na cor cortén que revestem todas as fachadas. Também foram usados pedras e forro de madeira, que trazem aconchego e tropicalidade à arquitetura de volumes mais sólidos e linhas retas.

Outro recurso bastante interessante do projeto são os beirais metálicos chanfrados que contornam toda a morada, nos dois pavimentos. A finalidade deles é proteger contra o sol e as fortes chuvas.

Para auxiliar na questão térmica, todos os ambientes contam com caixilhos piso teto de correr, além de brises e venezianas que permitem ventilação cruzada, privacidade e controle da luz solar.

Confira outros projetos de casas de praia:

Casa Península, de Bernardes Arquitetura

Casa Jangadas, de GAM Arquitetos

Casa RHG, de Bernardes Arquitetura


Escritório

Belluzzo Martinhão Arquitetos5 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2019
Área construída: 400

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo