> > > Casa Beiral

Casa Beiral

Casa Beiral
Após comprar a residência de seu avô, o proprietário da Casa Beiral convidou o escritório Zoom Urbanismo Arquitetura e Design para uma repaginação. O resultado é uma morada mais ampla e moderna, mas que ainda dialoga com as recordações do passado Foto/Imagem:Maíra Acayaba

Entre o antigo e o novo

Não há nada mais acolhedor do que casa de avós: o cheirinho de bolo, as brincadeiras no quintal, todas as histórias e risadas. Foi por querer viver em contato com essas recordações que o atual morador deste sobrado decidiu comprá-lo. A casa, localizada no bairro paulistano Alto de Pinheiros, em São Paulo, pertencia a seu avô, e foi ali que ele passou boa parte de sua infância.

Após a compra em 2016, a Casa Beiral, como foi batizada, teve seus ambientes renovados pelo escritório Zoom Urbanismo Arquitetura e Design, que ficou incumbido de preservar as memórias e, ao mesmo tempo, modernizar e ampliar a nova morada.

Repaginação nostálgica

O antigo projeto arquitetônico exigia uma série de reparos na estrutura e nas instalações. Além disso, havia o desejo de ampliar a área construída para atender às necessidades dos novos moradores. “Era preciso resolver esse desafio e criar algo prático, acolhedor, que se valesse de recursos tecnológicos para o aproveitamento dos recursos naturais, mas que também carregasse certa nostalgia de experiências atemporais”, comenta o arquiteto Guilherme Ortenblad.

Três níveis organizavam o programa anterior – acesso, intermediário e dormitórios – e todos foram mantidos no projeto com a intenção de preservar a intimidade dos moradores. O nível de acesso tem um escritório e uma sala de televisão – ambientes considerados independentes dos demais. O intermediário recebeu as áreas de convívio, como salas de estar e jantar, cozinha e piscina. E no terceiro ficam os quartos.

Beirais em balanço

O beiral de madeira e os de concreto chamam toda a atenção Foto: Maíra Acayaba

Com a reforma, foi acrescentado um quarto nível, com mais duas suítes. Um beiral de madeira – diferencial da residência – liga os dois níveis superiores, formando um único plano inclinado, que, junto com os beirais de concreto dos dormitórios, destaca-se na fachada.

“O beiral é o elemento que integra a casa. Essa nova cobertura, que criamos para a ampliação, faz toda a amarração entre o antigo e o novo”, complementa a arquiteta Kathleen Chiang.

O beiral é o elemento que integra a casa. Essa nova cobertura, que criamos para a ampliação, faz toda a amarração entre o antigo e o novo Kathleen Chiang

A grande cobertura se projeta em beirais em balanço que sombreiam as aberturas e as paredes, auxiliando para o conforto térmico da casa. Uma grande janela em fita contorna o pavimento superior, com beirais em concreto e painéis de muxarabis de madeira, ampliando significativamente a ventilação e a iluminação naturais, ao mesmo tempo que preserva a privacidade de área íntima e reforça a horizontalidade das novas intervenções.

Além disso, essa cobertura é o núcleo que concentra as placas solares – fotovoltaicas e térmicas, que garantem parte do abastecimento elétrico de toda a residência e proporcionam o aquecimento das águas – e é responsável pela coleta de água pluvial, armazenada abaixo do deck do térreo para irrigação do jardim. Ainda, as paredes verdes e a grande área ajardinada tornam o terreno bastante permeável.

Segundo Ortenblad, o trecho térreo da Casa Beiral teve seu telhado original preservado. A laje sob este teto foi demolida e as tesouras antigas foram restauradas, criando um pé-direito alto junto ao ambiente aberto para o jardim. “O jogo entre esses telhados, níveis e pés-direitos distintos gera uma diversidade de ambientes acolhedores”, comenta.

Materiais originais

A criação de diferentes ambiências é reforçada através de distintos materiais e texturas. A materialidade parte do restauro das texturas existentes, como a pedra e a madeira, de elementos que foram expostos em sua forma bruta, como o tijolo e o concreto, e dos novos revestimentos, com reforços estruturais aparentes, madeira e ladrilho hidráulico.

Na sala de estar tem uma lareira bem à frente da grande janela que se abre para a parede verde do recuo da casa Foto: Maíra Acayaba

A intenção foi aproveitar a estrutura existente e requalificá-la. “Queríamos preservar ao máximo a casa, até por uma questão de reutilização dos materiais, aproveitamento e sustentabilidade, umas das premissas que o cliente havia nos passado”, menciona Chiang.

Por ser uma construção antiga, as paredes que foram mantidas são espessas, o que garante uma grande inércia térmica aos ambientes internos. Isso, em conjunto com os beirais e elementos vazados, permite uma boa incidência de iluminação natural e, ao mesmo tempo, dispensa a necessidade de ar-condicionado.

Um fogão à lenha em concreto armado foi construído no limite entre a cozinha americana e a sala, bem no centro da casa. Na sala de estar uma lareira fica em frente à grande janela que se abre para a parede verde do recuo.

A iluminação é indireta e visa a destacar as texturas dos materiais para reforçar o caráter acolhedor e sensorial da casa. As principais soluções foram projetores instalados nos forros de madeira inclinados, direcionados para cima, e arandelas nas paredes de tijolos descascados.

Como o terreno já era bem arborizado, as árvores foram preservadas e integradas às novas intervenções. A pitangueira foi incorporada pelo deck que se projeta da sala para o gramado. A área gramada é livre para as crianças brincarem.

Veja mais projetos residenciais na Galeria da Arquitetura:

Casa ACP, por Candida Tabet Arquitetura

Casa MMS, por Pascali Semerdjian Arquitetos

Casa Punta, por studio mk27

Escritório

Zoom Urbanismo Arquitetura e Design7 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2017
Área construída: 450

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo