> > > Residência OSH

Residência OSH

Residência OSH
A Residência OSH foi projetada pelo escritório OTP Arquitetura, que buscou aproveitar todos os espaços de um terreno com 250 m², criando uma casa ampla, integrada e moderna Foto/Imagem:Guilherme Pucci

Espaços bem aproveitados

Embora inserida em um terreno com apenas 250 m², a Residência OSH tem um programa fluido, que integra a área social da casa ao jardim e, assim, traz sensação de amplitude aos ambientes. Da entrada principal ao final do lote não existem obstáculos que interfiram na vista para a generosa área verde.

Localizada em um condomínio fechado em Araçoiaba da Serra (SP), a morada foi projetada pelos arquitetos do escritório OTP Arquitetura, Arthur Oishi, Raphael Takano e Pedro Prado. Segundo eles, o principal desafio foi construir um projeto que não demonstrasse a sensação de um programa pequeno, daí trabalharem fortemente a questão da integração.

No térreo, as salas de estar e jantar e a cozinha americana são ambientes conectados, além disso os caixilhos de vidro tipo “camarão”, que estão na sala, se abrem para integrar os ambientes internos à área externa. No primeiro pavimento estão o dormitório, a sala de TV e o escritório.

O projeto de interiores se destaca pela simplicidade dos móveis, que têm cores e texturas diferentes, contrapondo com o estilo sóbrio dos ambientes.

Através dos caixilhos de vidro, os moradores se conectam com o jardim externo Foto: Guilherme Pucci

Iluminação marcante

O projeto de iluminação criou um diálogo com a arquitetura, evidenciando seus elementos estéticos e estruturais. No pé-direito duplo, spots de embutir invisíveis e uma grande luminária pendente compõem o ambiente. Ademais, o pé-direito proporcionou maior incidência de luz e ventilação natural na área social.

Fachada sóbria

O destaque maior é passagem marcante da área externa para a interna: uma fachada sóbria e fechada para um projeto totalmente aberto e integrado.

No térreo, um painel em Alucobond dá privacidade aos moradores. Já o volume superior – que avança sobre a garagem e repousa em dois pilares de concreto – é revestido com brise-soleils metálicos, eles trazem uniformidade para o volume e controlam a luz solar direta, gerando economia com refrigeração do ambiente.

No projeto de paisagismo, os arquitetos buscaram integrar a área verde com as áreas internas. Ciprestes italianos compõem a fachada principal trazendo movimento para o conjunto. Além disso, a casa dispõe de um sistema inteligente de aquecimento de água por energia solar com bomba de pressão de baixo consumo.

Veja outras residências na Galeria da Arquitetura:

Casa das Oliveiras, por Ivan Rezende Arquitetura

Casa Moenda, por Felipe Rodrigues Arquiteto

Casa Joazeiro, por Cupertino Arquitetura


Escritório

OTP Arquitetura6 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área do terreno: 250

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo