> > > Casa Campo

Casa Campo

Casa Campo
Por meio da utilização de materiais quentes, a Casa Campo tornou-se um lugar confortável para a família relaxar aos finais de semana Foto/Imagem:Gerson Lima

De volta ao aconchego

Como o seu nome já indica, a Casa Campo traduz o projeto arquitetônico concebido pelo escritório NP Arquitetura. Localizado na cidade de Porto União/SC, o imóvel de temporada mantém o aspecto rústico e acolhedor, típico dos refúgios de campo, por meio do uso da madeira, que predomina nos acabamentos e no mobiliário.

“Trabalhamos esse estilo, porém, de maneira bem dosada, com ambientes amplos e materiais de fácil manutenção”, declaram as arquitetas, Jocymara Nicolau e Andréa Posonski, que também foram responsáveis pelo projeto de interiores e paisagístico da residência. De acordo com as profissionais, o objetivo era criar um lugar confortável para a família relaxar aos finais de semana.

Convivência familiar

Esse foi o ponto de partida que originou uma grande área social integrada, na qual os ambientes – sala, jantar e cozinha gourmet – permanecem unidos em apenas um espaço de convivência.

A ala dos dormitórios, por sua vez, foi posicionada na parte posterior da casa e separada dos espaços sociais por um corredor de circulação. “O espaço ficou mais isolado, oferecendo intimidade e silêncio aos usuários”, citam Jocymara e Andréa.

Madeira e texturas

Os materiais aplicados na Casa Campo foram escolhidos tanto com base no critério estético como com relação à praticidade na limpeza. No piso, por exemplo, o porcelanato em formato de réguas dispensa manutenção mais cuidadosa e ainda imita o aspecto aquecido da madeira. Já as paredes ganharam uma fina textura pintada na cor fendi e, mais uma vez, reforçam a atmosfera quente do projeto. “Esse tipo de superfície remete ao bruto, porém sem exageros”, complementam as arquitetas.

Além da utilização de fibras, o mobiliário apresenta forte apego à madeira, como nos aparadores e na mesa lateral e até as cadeiras, poltronas, banquetas e na mesa de jantar. Um móvel de destaque é a bancada gourmet, que possui um tampo de 4,7 metros de comprimento feito de peroba, combinando com a pedra de café imperial.

iluminação foi trabalhada com luz pontuada através de embutidos e fitas de LED, que criam diversas cenas e enaltecem a beleza dos móveis e objetos de decoração.

Paisagismo

Lá fora, um destaque especial do projeto colabora para a tranquilidade expressa dentro da residência. “A sensação de relaxamento é intensificada pelo lago de carpas, que segue envolvido pelo paisagismo”, observam as arquitetas.

Na parte externa, além do lago, a lateral da casa e as palmeiras ganham cenário semelhante à iluminação dos parques de diversões.


Escritório

NP Arquitetura2 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Área construída: 280

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo