> > > Casa Jabuticaba

Casa Jabuticaba

Casa Jabuticaba
Volumetria térrea, cobertura em estrutura metálica, grandes beirais e brises móveis na fachada são destaques neste projeto residencial assinado por Lais Galvão Arquitetura. A jabuticabeira da entrada articula o programa e traz delicadeza ao ambiente Foto/Imagem:Gabriela Daltro

Visual leve

Despretensiosa e com um visual leve e moderno, a Casa Jabuticaba conta com soluções arquitetônicas que ajudam no seu conforto térmico, na incidência de luz natural e na sua praticidade, itens essenciais para o casal de proprietários e sua filha pequena.

Na entrada da morada, localizada em Camaçari, na Bahia, uma jabuticabeira dá as boas-vindas aos moradores e visitantes e cria uma dinâmica espacial que conecta todos os ambientes, entre eles sala de estar, jantar, escritório, cozinha e gourmet, otimizando a funcionalidade da casa.

De acordo com Laís Galvão, que assina o projeto arquitetônico, a árvore é o coração da morada, o primeiro elemento a ser visto por quem entra por suas grandes portas. Envolvida por um banco de madeira cumaru com iluminação embutida, ela traz sensação de bem-estar e uma vontade de permanecer naquele tão agradável ambiente.

O visual leve sempre foi uma premissa do projeto, alcançada, entre outros recursos, pela volumetria térrea e plana e cobertura em estrutura metálica, bastante esbelta e com grandes beirais.

Outro destaque do projeto são os brises verticais e móveis feitos de madeira carbonizada, através da técnica japonesa do Shou Sugi. Esses brises envelopam toda a fachada, criando uma dinâmica interessante de movimentos e oferecendo originalidade à casa. Além disso, têm a função primordial de controlar a ventilação natural e a incidência do sol e oferecer privacidade aos moradores.

Para compor com a madeira carbonizada, a arquiteta utilizou outros materiais como placas cimentícias e madeira cumaru, formando uma paleta de cores e texturas rústicas e ao mesmo tempo sofisticadas.

Programa funcional

A planta da residência tem formato em L e no centro deste L está a jabuticabeira, a partir da qual se interligam ambientes como living, sala de jantar, escritório, cozinha e varanda gourmet.

Os quartos estão voltados para a área de lazer, mas também se conectam por um corredor interno.

A cozinha tem estilo mais despojado e tira partido do visual do paisagismo para criar uma atmosfera mais natural. Atrás dela fica a área de serviço e na frente localiza-se o gourmet.

Veja outros projetos na Galeria da Arquitetura:

Casa Manga, por Samira Siman Arquitetura

Casa Jabuticabeiras, por Ricardo Felippi Arquiteto

Casa Box, por Caio Persighini


Escritório

Lais Galvão Arquitetura1 projeto(s)

Local: BA, Brasil
Conclusão da obra: 2020
Área construída: 359

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo