> > > Canto dos Ventos

Canto dos Ventos

Canto dos Ventos
Localizada em um dos lugares mais lindos da Bahia – a Chapada Diamantina –, a residência Canto dos Ventos foi construída para fazer parte da paisagem. As esquadrias de vidro facilitam essa integração Foto/Imagem:Eduardo Moody

Casa moderna em meio à natureza baiana

O escritório G Arquitetura e Urbanismo projetou a residência Canto dos Ventos integrada com a bela vegetação do entorno, em uma elevação acentuada, de onde é possível contemplar o Morro Branco e o Vale do Capão – que ficam em Palmeiras, município da Chapada Diamantina, na Bahia.

O arquiteto Joaquim Gonçalves explica que o projeto arquitetônico nasceu da vontade dos proprietários – que residem na Chapada Diamantina, a 500 km de Salvador (BA) –, de ter uma segunda residência longe da capital soteropolitana. “A casa deveria estar inserida na paisagem e numa localização especial, além de ser moderna, bela e funcional”, comenta Gonçalves.

Para encaixar a Cantos dos Ventos em um lote de 9 mil m² com declive, o volume foi ajustado em dois níveis horizontais. Essa escolha fez com os ambientes fechados e abertos fossem surgindo de forma continua,, seguindo as necessidades e solicitações dos proprietários de incorporar a residência à paisagem.

Sistema estrutural

A racionalidade construtiva do aço permitiu a construção pré-fabricada da estrutura na Rotula Metalúrgica, em Salvador. Depois, ela foi transportada até ao local da montagem, onde fundações e contenções já estavam prontas. Impermeabilização, vedações e acabamentos concluíram a obra.

O sistema estrutural foi rigorosamente estudado para liberar os espaços no interior da residência, ampliar a transparência e integrá-la à paisagem. Pilares, vigas e lajes de aço aparente compõem as arquiteturas interna e externa, evidenciando o design moderno da volumetria. “Materiais como aço, madeira, vidro, tijolo e a pedra da região foram usados de forma aparente e estão presentes tanto fora como dentro da casa”, conta Gonçalves.

Rodeada de vidros, a residência é bem iluminada Foto: Eduardo Moody

Externamente, a pedra local, utilizada nas contenções, permitiu a integração do volume com o entorno e, internamente, as paredes desse material compõem a arquitetura e o projeto de interiores.

Salas de estar e jantar, cozinha e varandas se forma uma área contínua e com vista para a área externa, ou seja, a transparência proporcionada pelo vidro integra a parte interna da Canto dos Ventos com a natureza. Na laje de cobertura foi construído um deck de madeira, ótimo local para apreciar o verde que rodeia a casa.

Eficiência térmica

A localização, no Vale do Capão, está sujeita a variações de temperatura – de 10°C a 30°C – durante o ano e a ventos fortes nos períodos de tormenta. A orientação correta em relação ao sol e à incidência dos ventos, a implantação entre as árvores existentes no terreno e o uso de telhado verde, foram fatores que contribuíram para a eficiência térmica da casa. Além disso, o fechamento com esquadrias de madeira e amplos panos de vidro permite luminosidade no interior, além de transparência.

Veja outros projetos residenciais integrados com a natureza na Galeria da Arquitetura:

Casa da Figueira, por Stemmer Rodrigues

Residência CR, por Padovani Arquitetos + Associados

Casa na Fazenda da Grama, por FARAH + ARQUITETURA E INTERIORES

Fornecedores desta obra

Escritório

G Arquitetura e Urbanismo1 projeto(s)

Local: BA, Brasil
Início do projeto: 2016
Conclusão da obra: 2016
Área do terreno: 9.000
Área construída: 290

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo