> > > Casa Castro

Casa Castro

Casa Castro
O escritório Aguirre Arquitetura buscou na sua história o conceito e os materiais ideais para o projeto de uma casa imponente, porém com formas minimalistas, e com ambientes integrados Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Design clean com concreto e madeira

O projeto arquitetônico da Casa Castro foi criado pelo escritório Aguierre Arquitetura para uma família pequena de Uberlândia (MG). Ela desejava uma residência com ambientes sociais integrados, área intima bem definida e espaços ao ar livre protegidos da vizinhança. Somado a isso, existia o desejo estético, que contemplava um design moderno e que se destacasse no bairro.

Partindo dessas premissas, os arquitetos Alexandre Aguirre e Michell Damascena basearam-se nos conceitos da sua própria história, que preza por linhas minimalistas, design clean e formas simples, mas imponentes.

“O chamariz do projeto é o concreto, que é percebido na fachada dura, seguida de dois paredões que percorrem o corpo da casa, sendo que um deles flutua por todo o perímetro do salão principal e descansa em um pilar metálico esbelto”, introduz Damascena.

Além da estética, o material propicia mais conforto térmico. Junto ao concreto, a madeira garante charme e aconchego. Em determinadas horas do dia, o material atua como brise e, em outras, como uma segunda pele. A estrutura metálica também foi evidenciada.

Programa integrado e iluminado

O desejo dos moradores foi atendido, e o programa interno foi todo integrado. Portanto, as salas de TV e de estar estão ligadas, enquanto a sala de jantar faz parte do espaço gourmet e da cozinha. Todos esses ambientes são conectados com o espaço de lazer externo.

A Casa Castro foi pensada para abusar da luz natural. Graças ao seu posicionamento no terreno, a insolação se faz presente em alguns ambientes em horários propícios, de modo que não há desconforto nem aquecimento desnecessário nos cômodos. A luz permeia o salão principal de maneira indireta, pois o paredão de concreto é todo iluminado, assim como o trilho multidirecional. Nos demais pontos, a iluminação é minimalista.

Concreto e brises de madeira são evidenciados Foto: Leonardo Finotti

Projeto de interiores e paisagismo

O projeto de interiores foi desenvolvido para evidenciar materiais naturais nacionais. A maior parte do mobiliário é feito de madeira freijó, criando uma paleta de cor monocromática – destacam-se somente as cadeiras Lia, assinadas pelo design Sérgio Rodrigues, no living, e as cadeiras Bossa e Easy, de Jader Almeida, que aparecem na sala de jantar e no espaço gourmet. Resumidamente, a profissional Andrea Hartmann define a decoração. “São móveis com poucos adornos e muitas histórias”.

Para o conforto termoacústico interno, o escritório abusou de artifícios técnicos – aberturas, pé-direito alto para melhorar a renovação do ar, paredes de concreto maciço, laje impermeabilizada – e visuais, como o paisagismo. Além de proporcionar sombras e aumentar a umidade do ar, a vegetação também gera conforto visual. “Os moradores podem se desprender da ‘selva de pedra’ e relaxar no seu cantinho particular”, comenta a responsável pela decoração e paisagismo da casa.

A maioria das plantas é verde, mas há também o vermelho das alpinias, que junto com as dracenas arbóreas embelezam o corredor lateral de acesso à piscina e colorem o living. Na área de lazer, foram utilizadas ravenalas e guaimbês derramadas sobre a borda da piscina e jabuticabeiras 100% brasileiras.

Escritório

Aguirre Arquitetura8 projeto(s)

Local: MG, Brasil
Conclusão da obra: 2018
Área do terreno: 420
Área construída: 332

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo