> > > Restaurante el Gordo y el Flaco

Restaurante el Gordo y el Flaco

Restaurante el Gordo y el Flaco
Elegância e conforto chamam a atenção do Restaurante el Gordo y el Flaco, em Valência (Espanha). Os proprietários convidaram o escritório VIMARVI para dar vida ao novo estabelecimento Foto/Imagem:German Cabo

Uma pitada de sétima arte

O Restaurante el Gordo y el Flaco, localizado em Valência (Espanha), foi inspirado na famosa dupla de comediantes do cinema americano Laurel and Hardy (O Gordo e o Magro). Quando os irmãos Salva e Pablo Martínez, donos do estabelecimento, convidaram o escritório VIMARVI para desenvolver os novos projetos de arquitetura e de interiores do local, pediram que o amor pela gastronomia fosse representado de forma elegante.

O antigo restaurante funcionava dentro de um prédio residencial – os apartamentos ficavam em cima, e ele, embaixo. Com o aumento dos clientes, foi preciso mudar de endereço e fazer uma repaginação.

Pátio: o coração do projeto

O lote de esquina onde o estabelecimento foi construído era ocupado por uma casa antiga, que precisou ser demolida. Os arquitetos Jorge Martinez Villar e Jaime Martinez Villar revelam que uma das principais vantagens da atual localização foi a possibilidade de criar diversas instalações que o projeto anterior não possuía.

O primeiro passo foi eliminar todos os obstáculos encontrados no terreno, sem afetar o funcionamento do restaurante. “Optamos por mudar o acesso do projeto. Criamos um pátio como entrada secundária, para que houvesse comunicação entre os clientes que ficam nas áreas reservadas e nas comuns”, explicam os profissionais.

Com isso, o pátio se tornou o coração do el Gordo y el Flaco. Com a função de integrar, um dos lados funciona como filtro entre o volume e a rua, criando grandes cavidades que auxiliam na entrada de iluminação natural e na amplitude espacial. Já do outro lado, há um agradável espaço externo.

O pátio é o coração do restaurante Foto: German Cabo

Fachada atraente

A fachada do projeto chama a atenção de quem transita pela região. O mais interessante é que mesmo utilizando poucos e simples materiais, a parte externa ficou refinada, porém sóbria.

Os painéis pretos simulam um volume de concreto que envolve a cozinha e os banheiros, e no salão principal, esses planos se tornam vidros para transparecer o ambiente. Há também uma linha de microcimento que une toda a fachada e uma treliça perfurada que cria um filtro interior-exterior no pátio. Juntos, esses materiais embelezam a entrada, que, ao anoitecer, é destacada pela belíssima iluminação.

Espaços internos

Todos os materiais escolhidos são sóbrios e requintados. Assim, criou-se um ambiente aconchegante e agradável.

Os espaços internos possuem diferentes layouts. O salão que fica ao lado da fachada, logo na entrada, recebeu a mesma elegância e sobriedade do lado externo. Já o outro lado foi dividido em duas salas: uma totalmente fechada e separada do salão principal, e outra com divisórias deslizantes de madeira, que permitem abrir e fechar o espaço. “A adega conecta-se com a pequena sala privada através de um grande pano de vidro e tem acesso para a área externa. A ideia é que os clientes possam escolher o vinho que desejam”, contam os arquitetos.

A adega foi feita sob medida. Um vergalhão de vigas de concreto abriga um grande número de garrafas, modulando a malha.

Veja outros projetos de restaurantes na Galeria da Arquitetura:

Restaurante Mistura, por SQ+ Arquitetos Associados

Restaurante DAS, por Sotero Arquitetos

Restaurante Dalva e Dito, por Rosenbaum®

Escritório

VIMARVI1 projeto(s)

Local: VA, Espanha
Início do projeto: 2017
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 199

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo