> > > Un Dernier voyage

Un Dernier voyage

Un Dernier voyage
Localizada em uma área de cultivo francesa, morada foi concebida economicamente para inspirar os proprietários artistas Foto/Imagem:Jelena Stajic

Caixa artística

Instalada em uma área de cultivo do Estado de Meuse, na França, a casa Un Dernier voyage se destaca por sua estrutura de container crua – que contrasta com o entorno de vegetação nativa. O espaço foi projetado pelo escritório Spray Architecture para servir de inspiração ao casal de proprietários, ambos artistas – ela escreve e ele esculpi em madeira e metal.

O terreno que abriga a residência encontra-se ao fundo de uma pequena vila e a poucos metros de distância da borda de uma floresta; esta povoada por peças de arte contemporânea e de terra. Por isso, o local sempre recebe artistas e designers de todo o mundo.

Materialidade é destaque

Com princípios brutalistas, o projeto da casa Un Dernier voyage usa materiais econômicos. O teto tem estrutura metálica aparente e chapas de aço, enquanto o chão se firma em concreto bruto. Na área externa, o tapume de metal preto harmoniza-se também com as chapas e contrasta com a paisagem rural do entorno.

“O material dominante na casa é o aço. Ele está presenta na estrutura, no telhado e até no tapume preto”, destaca Chloé Kessler, arquiteto responsável pelo projeto. Ele explica que o container é a base que estrutura o nível principal. “A casa sai do chão e mantém seu declive graças ao projeto da estrutura de metal como palafitas – sistemas construtivos bastantes usados em regiões alagadiças”, complementa.

Volume e programa simples

A planta da casa Un Dernier Voyage consiste em um retângulo de 20 x 6 metros, amplamente aberto para favorecer a circulação fluida e a flexibilidade do layout interno. Nos dois lados do quarto e do banheiro estão a sala de estar e um escritório, que se conectam por meio de um largo corredor, que abriga esculturas para apreciação. Dois terraços complementam esse volume principal: uma entrada aberta está a sudoeste; enquanto uma área de convívio e descanso – que usa na cobertura a estrutura metálica do container – está a nordeste do terreno.

Em sequência ao principal volume do container, a casa parece ser dupla. As fachadas são perfuradas verticalmente e preenchidas ora por janelas francesas que se abrem para o terraço e para as colinas onduladas, ora por janelas fixas que emolduram a paisagem e ‘brincam’ com o eixo de travessia do plano.

 

Veja outros projetos estruturados em container:
Pocket House, por Cristina Menezes arquitetura.decoração.urbanismo
Estúdio Casulo, por Bernardo Horta Arquiteto, Meius Arquitetura e pmlodi - Arquitetura/Construção

Escritório

Spray Architecture1 projeto(s)

Local: ME,França
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2014
Área do terreno: 110

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

SlideshowDesenhos e plantas
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo