> > > Residência DMG

Residência DMG

Residência DMG
As grandes aberturas da Residência DMG integram ambientes internos e externos e proporcionam uma generosa vista para a bela paisagem de Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC) Foto/Imagem:Lio Simas

Ambientes integrados fazem a diferença

Com localização privilegiada em um condomínio de luxo na praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC), a Residência DMG tem uma bela vista para o entorno. Seu projeto arquitetônico, assinado pelo escritório Ruschel Arquitetura e Urbanismo, foi organizado num jogo de volumes estruturado em um eixo central que proporciona forte ligação entre o interior e o exterior.

O modo como a casa foi suspensa e aberta ao terreno tornou-se o seu diferencial, integrando-a à piscina e ao jardim com amplos espaços de convivência.

Fluidez estrutural

Segundo a arquiteta Marília Ruschel, os proprietários da Residência DMG pediram que a sua nova casa proporcionasse um passeio arquitetônico, não só por meio da circulação interna, mas também pelo seu design.

As aberturas criam fluidez arquitetônica e valorizam os percursos internos, ao mesmo tempo em que conectam as áreas internas e externas. “Optei por perfis e vidros duplos para as aberturas, determinantes para compor um projeto limpo e artístico nas fachadas”, menciona a profissional.

Esses materiais garantiram mais qualidade e melhor desempenho aos espaços internos, propiciando entrada de iluminação e ventilação naturais de forma abundante em todos os ambientes da residência.

Os perfis e vidros duplos das aberturas propiciam abundante entrada de iluminação e ventilação naturais Foto: Lio Simas

As fachadas foram projetadas com ampla superfície transparente de vidro e esquadrias de perfis de PVC na cor nogueira. Brises de alumínio do mesmo tom, alvenarias de reboco rústico e paredes revestidas por pedras também fazem parte do abre-alas da casa.

Além disso, o projeto conta com sistemas de reaproveitamento de água da chuva e solar, adotados para que os moradores tenham uma vida sustentável.

Eixo central

Como a residência foi organizada em um eixo que liga de forma harmônica os espaços internos e externos, sua área central recebeu pé-direito, que permite a entrada de iluminação zenital por todo o jardim interno. “A partir desse espaço [jardim interno], moradores e visitantes podem visualizar palmeiras, a área de lazer e até mesmo o bairro”, conclui a arquiteta.

A escada com degraus em balanço liga o andar térreo aos cômodos íntimos da casa, que ficam no segundo pavimento.

Veja na Galeria da Arquitetura outros projetos de casas de praia:

Residência RLW, por Jacobsen Arquitetura

Residência das Conchas, por Gui Mattos Arquitetura

Casa na Praia Preta, por Nitsche Arquitetos


Escritório

Ruschel Arquitetura e Urbanismo4 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Conclusão da obra: 2016

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo