> > > Wago

Wago

Wago
O arquiteto Paulo Bruna, titular do escritório que leva seu nome, tinha o desafio de aproximar a arquitetura da filial da Wago no Brasil com a da matriz da empresa, na Alemanha Foto/Imagem:Nelson Kon

Filial com cara de matriz


O escritório Paulo Bruna Arquitetos Associados tinha a missão de construir a sede da Wago – empresa que oferece soluções de automação, elétrica e eletrônica –, em São Paulo, de acordo com a estrutura da matriz da empresa, em Minden, Alemanha.

Em um lote de mais de 7 mil m², parte de um Polo Industrial e Logístico de Jundiaí (SP), os clientes encontraram o local ideal para pousar uma edificação de 3.200 m², construída em estrutura metálica, brises no andar superior e generosas janelas de vidro no térreo.

“O desafio foi gerar um edifício austero, mas elegante o suficiente para se destacar no entorno”, comenta Pedro Bruna, arquiteto do escritório.

Linguagem simples e elegante

Além de ter influência direta da arquitetura da matriz, a linguagem simples e elegante das fachadas atendeu ao pedido dos clientes, que desejavam que a empresa fosse utilizada como showroom dos diversos produtos da Wago. “Acreditamos que o projeto atendeu a todas as expansões previstas, sem perder sua concepção e linguagem arquitetônica original”, comentou Pedro.

Os brises de alumínio foram escolhidos para transmitir contemporaneidade, tornar a composição mais abstrata – tirando a escala dos caixilhos do pavimento superior – e controlar o sol poente da fachada principal.

O jardim interno se beneficia do átrio com pé-direito duplo (Foto: Nelson Kon) 

A planta organizou todos os acessos de funcionários e visitantes, questão importante para uma empresa que recebe muitos profissionais diariamente para treinamento e vendas. “O átrio do edifício, com pé-direito duplo, é um bonito jardim que integra os escritórios ao showroom”, explica Pedro. Este, por sua vez, se abre para a área externa, preparada para a organização de eventos.

Para trazer ‘vida e calor’ aos ambientes internos, o arquiteto, em parceria com o escritório Sutti, lançou mão da madeira – presente no mobiliário e em algumas divisórias – e de um projeto paisagístico mais elaborado.

O projeto luminotécnico tirou proveito do setor de atuação da empresa e é completamente automatizado: desde as luminárias até as telas de projeção e cortinas. “Além disso, o cliente participou da concepção e ajudou muito na elaboração dos layouts e da linguagem arquitetônica. Foi um trabalho a quatro mãos”, declara Pedro.

Escritório

Paulo Bruna Arquitetos9 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2017
Área do terreno: 7.828
Área construída: 3.286

Tipo de obra:
Edifícios comerciais
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo