> > > Residência J&C

Residência J&C

Residência J&C
Localizada em uma área de proteção ambiental, residência foi projetada para se encaixar na natureza e na topografia – além de oferecer aos moradores vista panorâmica da paisagem Foto/Imagem:Open Studio Pty Ltd

Panorama verde através dos vidros

Projetada para ser uma morada de fim de semana, a Residência J&C, localizada na região litorânea de Somers, na Austrália, deveria atender às necessidades do casal de proprietários, seu cachorro e visitantes esporádicos.

“Além da localização especial e da bela vista, o diferencial do projeto arquitetônico foi com certeza o trabalho em parceria com os clientes, sempre prontos para explorar ideias incomuns com a gente”, destacam os arquitetos do Open Studio, escritório responsável pelo projeto arquitetônico”.

O local oferece vista panorâmica para a baía de Western Port Bay. É uma área ainda pouco utilizada para temporadas, caracterizada por casas modernistas e elevadas, cercadas por jardins de vegetação nativa.

Dois aspectos técnicos foram importantes para o projeto da Residência J&C: a concepção e construção de uma residência em uma área de proteção ambiental; e o design, que precisou ser idealizado com uso do vidro e sua aplicação em uma área sujeita a inundações, potenciais queimadas e exposta a ventos fortes.

Construção em harmonia com o terreno

O conceito inicial de casa térrea foi logo abandonado em favor de um esquema de dois andares elevados. “Queríamos projetar uma morada mais alta para minimizar as perturbações da vegetação e topografia”, explicam os arquitetos. Dessa forma, a maior parte do terreno se mantém intocada, com uma paisagem contínua e informal que se estende desde a rua até o riacho. “A casa é colocada no ponto mais alto do local, aproveitando ao máximo as perspectivas do entorno”, complementam.

Residência J&C - Panorama verde através dos vidros
Os arquitetos optaram por projetar uma morada mais alta para minimizar as perturbações da vegetação e topografia Foto: Open Studio Pty Ltd

A edificação tem a forma de um arranjo de caixas empilhadas que se estendem para criar varandas e decks protegidos. As extremidades são totalmente envidraçadas e orientadas para a vista em constante mudança.

Feitas sob medida, as janelas da residência são quadros de madeira que fecham todas as laterais. A configuração varia de acordo com a função dos cômodos.

Programa e materiais predominantes

O programa foi organizado em três zonas: um espaço flexível e aberto caracteriza o piso superior, enquanto o quarto principal e os quartos dos hóspedes encontram-se no piso inferior. Um núcleo central de serviços separa as diferentes zonas.

Os materiais externos e as cores foram selecionados para se misturar com a vegetação natural e também por razões pragmáticas, como baixa manutenção, sustentabilidade, proteção contra o fogo, entre outras. Internamente, materiais e acabamentos foram escolhidos em tonalidade que se complementam – paredes brancas contrastam com a marcenaria minimalista; elementos escuros manchados com encerados de madeira (piso de madeira, esquadrias, unidade lareira etc.).

Portas de articulação sem moldura e rodapés nivelados são utilizados em todo o fechamento para aumentar a sensação de espaço. De acordo com os arquitetos, os materiais predominantes – Weathertex, um painel arquitetônico feito a partir de madeira australiana e usado em todas as paredes externas; e Hardwood Australian, usado nas molduras das portas e janelas e nos pisos – foram selecionados pela durabilidade e resistência a incêndios.


Escritório

Open Studio Pty Ltd Architecture1 projeto(s)

Local: ME, Austrália
Conclusão da obra: 2016
Área do terreno: 795
Área construída: 170

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo