> > > Edifício Quest

Edifício Quest

Edifício Quest
A forma em “L” do Edifício Quest, em Alphaville, se ajusta ao terreno irregular de 6 mil m². O projeto arquitetônico foi assinado pelo escritório MM18 Arquitetura Foto/Imagem:Pedro Vannucchi

Estrutura imponente

A forma ousada do Edifício Quest chama a atenção de quem transita pela região de Alphaville, em Santana de Parnaíba (SP). Assinada pela dupla de arquitetos Mila Strauss e Marcos Paulo Caldeira, do escritório MM18 Arquitetura, a edificação é marcada por um grafismo que destaca a verticalidade dos caixilhos envidraçados e o revestimento em chapa metálica ondulada da fachada.

O edifício foi construído para locação de escritórios em um terreno irregular de 6 mil m². Seu formato em “L” e a fachada frontal rente à entrada resultaram no aproveitamento do lote e conferiram ao prédio o seu evidente ângulo acentuado.

Programa

O Edifício Quest possui três pavimentos voltados para o aluguel de salas comerciais. Esses andares podem ser divididos em duas grandes repartições ou, se o locatário preferir, apenas um espaço bem integrado.

“Fizemos também algumas varandas para que as pessoas pudessem trabalhar fora. É importante no ambiente corporativo essa mudança de cenário”, comenta Mila Strauss.

No térreo da edificação estão localizados os restaurantes, as lojas e outros comércios; no subsolo, fica a garagem semienterrada.

Construção econômica

O projeto especificou eletrocalhas amarelas para destacar a iluminação do prédio Foto: Pedro Vanucchi

As lajes, que medem cerca de mil m² cada, dão a impressão de que o prédio é um galpão vertical. Uma das solicitações do cliente era que a construção fosse rápida e, por isso, adotaram um sistema construtivo de concreto pré-moldado – bastante usado na região.

Os arquitetos contam que a montagem das peças irregulares foi como um “quebra-cabeça”. Uma estrutura com pilares foi instalada em uma peça única por toda a pavimentação. As vigas vieram em seguida e, por fim, as lajes.

A fachada do edifício foi revestida com telha metálica, bordas pintadas de preto e vidro laminado semirrefletivo. Já do lado de dentro, um projetista de pré-moldados de concreto desenhou todo o detalhamento da estrutura e deixou as instalações aparentes.

“Além de todos esses revestimentos, também usamos laje painel protendida e vedações com blocos de concreto”, expõe Marcos Paulo Caldeira.

Já na entrada do prédio tem uma laje livre com grandes vãos. Flexível, possibilita montar o escritório de várias formas. Foram usados materiais brutos, como o concreto, a estrutura, as instalações aparentes e a telha metálica.

O Edifício Nova Quest também recebeu cobertura com telhas sanduíche. O projeto luminotécnico adotou eletrocalhas amarelas para destacar a iluminação do volume.

Escritório

MM18 Arquitetura16 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2016

Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo