> > > Apartamento Ásia

Apartamento Ásia

Apartamento Ásia
A mistura de cores e de materiais, como concreto aparente e madeira de demolição, ditam a reforma do Apartamento Ásia Foto/Imagem:Ricardo Bassetti

Lar à moda dos clientes

Quando saíram do Rio de Janeiro rumo a São Paulo, os moradores do Apartamento Ásia almejavam um lugar diferente do que encontraram. Localizado em um prédio antigo do charmoso bairro da Vila Madalena, o imóvel oferecia ambientes segregados, ou seja, com pouquíssima integração entre eles. Como essa disposição era contrária àquela que eles desejavam, decidiram transformar o imóvel.

A reforma previa não apenas um ambiente mais amplo – confortável para receberem muitas visitas –, como também mais alegre. O esperado resultado se deu pela mistura de diferentes materiais e cores elaborada para o projeto arquitetônico criado pela Mestisso Arquitetura & Interiores.

Durante o desenvolvimento do projeto de reforma do Apartamento Ásia, as arquitetas Andrea Lucchesi, Carolina Razuk e Merê Esteves encontraram dificuldades na planta original do imóvel, que era rigorosamente compartimentada. Para resolver o impasse, elas optaram por derrubar todas as paredes que não eram estruturais, pois, assim, teriam maior liberdade para dividir os espaços conforme a necessidades dos proprietários.

“Esse é o diferencial do apartamento. Conseguimos criar uma nova aparência, sobretudo mais descolada, a partir das modificações dos ambientes e da escolha dos materiais”, afirmam as arquitetas.

Materiais naturais

De acordo com as três autoras, os moradores queriam um espaço descontraído, excepcionalmente mais alegre, com elementos que remetessem à sua cidade natal, tão conhecida pelas belas paisagens.

Os recursos encontrados para obter esse resultado foi usar materiais naturais, como madeira de demolição, e realçar o contato com a natureza, aproveitando a copa das árvores ao redor como parte do projeto. Os dois exemplos de solução são conferidos na sala de estar, com a presença dos nichos com vasinhos e da larga janela.

Quebra-quebra

Da reforma do Apartamento Ásia, somente os banheiros foram mantidos na posição original, mais precisamente, aos fundos da planta. “Conservamos os pontos hidráulicos e mudamos apenas os revestimentos, a fim de trazer um pouco de cor”, pontuam as profissionais.

Apartamento Ásia - Lar à moda dos clientes
O projeto de iluminação é o mais limpo possível, para não interferir na proposta de mistura de materiaisFoto: Ricardo Bassetti

No mais, todos os ambientes sofreram intervenções. A começar pela área de serviço, que foi alojada onde até então existia o dormitório de serviço, enquanto o banheiro dessa área transformou-se em lavabo. “Assim, foi possível aumentar e mudar a posição da cozinha, deixando-a 100% integrada à sala”, explicam Lucchesi, Razuk e Esteves.

No caminho que leva à ala íntima, foi inserido um bar que se destaca pela parede feita de cobogó. Além de separar o ambiente da sala de estar, a solução se encarrega de levar iluminação natural ao corredor. Quanto aos dormitórios, um dos três que existiam no apartamento foi extinto para dar espaço a um closet na suíte principal e aumentar as áreas tanto do segundo dormitório quanto da sala.

Mescla de cores

“Para deixar o imóvel mais despojado, sugerimos a mescla de cores”, contam as profissionais em referência ao piso de ladrilho hidráulico que reveste a cozinha, à mesa de laca amarela e a outros objetos de decoração coloridos, como o tapete da sala.

Na sala de estar, as vigas e os pilares foram descascados, para evidenciar o cinza do concreto aparente que, por sua vez, combina com a bancada da cozinha, executada em cimento queimado. Nesse mesmo ambiente, surgem os contrastes diante das vibrantes cores da mesa de laca amarela e do piso de ladrilho hidráulico. “Trouxemos um grafismo divertido com esse material. Junto com a pintura na lousa e as cadeiras de estilos diferentes, o espaço ficou ainda mais descontraído”, enfatizam as arquitetas.


Escritório

Mestisso Arquitetura & Interiores7 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2013
Área construída: 90

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo