> > > Escritório Alameda Cleveland

Escritório Alameda Cleveland

Escritório Alameda Cleveland
No Escritório Alameda Cleveland, situado em um prédio na região central de São Paulo, os espaços foram dispostos para receber iluminação natural Foto/Imagem:Ricardo Bassetti

Luminosidade natural

Com um programa fracionado em dois andares, o Escritório Alameda Cleveland foi reformado pela Manore Arquitetura e Urbanismo para que todos os ambientes desfrutassem de iluminação natural. Mesmo com uma planta extremamente alongada, o projeto arquitetônico proposto permite que os espaços sejam banhados pela luz proveniente das extremidades e da parte central da edificação.

A reforma do local, situado em um edifício do bairro Campos Elíseos, na capital paulista, foi realizada do zero. Foram reestruturadas tanto a parte de infraestrutura elétrica e hidráulica, quanto de revestimentos. Segundo a arquiteta Nádia Manssur, do escritório Manore, o maior desafio dessa intervenção consistia em, justamente, organizar os ambientes dentro de um plano comprido e, ao mesmo tempo, provocar a entrada da iluminação natural.

“Para superar isso, tínhamos que aproveitar as fontes de luz natural. Ou seja, as duas janelas instaladas no maior eixo da planta e as outras duas que ficam nas extremidades”, explica Nádia.

Dois andares iluminados

No quarto pavimento, as salas dos sócios foram concentradas em uma das extremidades que dispõe de janelas. Além de garantir a permeabilidade de luz em todo o andar, essa medida manteve a planta livre para a concentração dos funcionários na área de trabalho e para a alocação de outras quatro saletas soltas nessa seção central.

Já no quinto pavimento, encontram-se especialmente as salas de reunião, uma cozinha e uma sala de reunião/almoço para uso dos clientes. Como esse patamar contava com poucas fontes de iluminação natural – janelas apenas nas extremidades e no centro –, era preciso pensar em espaços mais transparentes e claros. Dessa maneira, a cozinha e uma sala de reunião foram posicionadas e integradas em uma extremidade, enquanto uma sala de reunião maior dispôs-se no lado oposto. As outras distribuem-se em frente à ala central, que dá para o jardim.

No quinto pavimento, a parede é completamente revestida por um painel ripado de alumínio Foto: Ricardo Bassetti

“Essa porção do projeto é caracterizada de ponta a ponta por um painel ripado de alumínio, que evidencia o caminho linear a ser percorrido. Além disso, esses ambientes dialogam com a recepção, por conta das divisórias de vidro”, destaca a arquiteta.

Além de oferecer ambientes bem iluminados, a reforma do espaço criou outras áreas destinadas ao armazenamento de documentos e arquivos, evitando, assim, a bagunça nas mesas dos colaboradores.

Elementos marcantes

Segundo Nádia, o objetivo do projeto era mostrar que o Escritório Alameda Cleveland acompanha as tendências contemporâneas e, ao mesmo tempo, emprega seriedade nas funções exercidas. Por isso, os materiais escolhidos inclinam-se para o estilo moderno e clássico ao mesmo tempo. Além do ripado de alumínio, os painéis de madeira e o carpete em sinal (staff e salas de reunião) compõem o quarto andar. Já nas áreas comuns do quinto pavimento, o piso – feito de material reciclado com concreto – combina com o alumínio e os vidros das salas.


Escritório

Manore Arquitetura e Urbanismo3 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2015
Área construída: 1350

Tipo de obra:
Escritórios
Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo