> > > Residência Campestre

Residência Campestre

Residência Campestre
O projeto da Residência Campestre foi inspirado nas aconchegantes casas de campo do interior de Santa Catarina e convida os moradores a passar mais tempo ao ar livre Foto/Imagem:Nenad Radovanovic

Arquitetura bucólica

Para desenvolver o projeto arquitetônico da Residência Campestre, em Araucária (PR), o escritório Juliana Lahóz Arquitetura buscou inspiração nas casas de fazenda do interior paranaense e priorizou o contato com a natureza e o convívio ao ar livre. A arquiteta Juliana Lahóz explica que manteve uma identidade com a região, tanto esteticamente quanto nas soluções térmicas e acústicas.

O projeto previu uma construção com praticidade de uso e pouca manutenção, equipando os ambientes internos da casa apenas com o essencial.

Construção econômica

A madeira é amplamente usada, tanto na armação quanto na decoração. O material ajuda a conferir um estilo rústico para a Residência Campestre, tendo sido empregado na fachada, no telhado, no deck, no pergolado, ao redor da casa e no pequeno lago de carpas.

“Deixar a madeira aparente fornece vantagens de acabamento, limpeza e agilidade na obra, evitando revestimentos demasiados e acabamentos complementares, como massas e pinturas”, comenta Lahóz.

Para desenvolver o sistema construtivo, foram utilizados tijolos ecológicos. Eles são uma mistura de argila com cimento e não são queimados no forno. Como são estruturais, dispensaram uma supraestrutura de concreto, o que representou economia na construção da Residência Campestre. Além disso, por ficarem expostos, também dispensaram serviços complementares de acabamento.

Paisagem integrada

O projeto de paisagismo é um dos grandes destaques da casa, pois possui diversidade de cores, flores e árvores frutíferas. O pomar está logo na entrada, exalando aromas e deixando o jardim ainda mais bonito. “A área de descanso, formada por um pequeno deck, pelo pergolado e pelo lago de carpas, é um refúgio perfeito para os proprietários”, expõe a arquiteta.

Juliana Lahóz comenta que a parte interna da residência foi projetada de maneira enxuta, justamente para que os moradores possam desfrutar da vida ao ar livre. A casa conta com amplas janelas e vidros, que valorizam a entrada de luz natural, trazendo o aconchego de fora para dentro. “Incluímos grandes fechamentos de vidro, integrando a residência com a vida do campo”, conclui.

Todos os ambientes foram projetados de modo que tivessem ligação um com o outro, e sempre com a natureza presente. O grande salão abre suas portas para o deck e para o pergolado ao redor, formando uma grande varanda. Neste mesmo ambiente, estão os equipamentos de cozinha, churrasqueira, forno e fogão a lenha.

Veja mais casas com estrutura de madeira na Galeria da Arquitetura:

Residência JN, escritório Jacobsen Arquitetura

Casa Grelha, escritório FGMF Arquitetos

Casa da Bahia, escritório studio mk27

Escritório

Juliana Lahóz Arquitetura1 projeto(s)

Local: PR, Brasil
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2015
Área do terreno: 51.278
Área construída: 150

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo