> > > Edifício Lopes Quintas

Edifício Lopes Quintas

Edifício Lopes Quintas
O Edifício Lopes Quintas contrasta no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, trazendo uma linguagem contemporânea e sustentável Foto/Imagem:André Nazareth

Fachada completa o entorno

O projeto Edifício Lopes Quintas consiste em um prédio comercial inserido no bairro residencial da Tijuca, Rio de Janeiro. O maior desafio do escritório Gisele Taranto Arquitetura, responsável pela construção, foi a integração desta nova edificação na vizinhança. O entorno residencial e o clima quente da cidade foram as diretrizes que nortearam a concepção do projeto.

“Desde o início procuramos um conceito que ao mesmo tempo harmonizasse com o entorno construído no bairro do jardim botânico e tivesse uma linguagem contemporânea, seguindo os conceitos de sustentabilidade”, conta Gisele Taranto.

Fachada modular

O principal destaque é a fachada principal. Ela é composta por varandas protegidas por toldos verticais, que concedem dinamismo e maior conforto térmico ao edifício. Já as fachadas laterais, recebem janelas modulares em malha desencontrada. “Em uma cidade de temperaturas extremamente altas e longos períodos de sol, a frente norte – principal – e a cobertura receberam nossa atenção especial”, comenta a arquiteta.

Um toldo vertical microperfurado e retrátil garante o controle da luminosidade e o conforto térmico dos ambientes internos, sem comprometer a vista para o Cristo Redentor. Por fim, uma cobertura verde com características sustentáveis procura minimizar os efeitos da incidência solar e mais uma vez integrá-lo ao contexto natural do bairro.

“As fachadas possuem um revestimento de natureza cimentícia, aplicado com grampos sem cola e sem argamassa, o que a torna ventilada e possibilita um aumento no conforto térmico, além de trazer economia para a obra em relação a materiais de acabamento”, explica.

A arquiteta também usou automação nos toldos externos da fachada para facilitar a sua utilização. O prédio conta similarmente com um sistema inteligente de TI para todos os pavimentos.

Sustentabilidade em primeiro lugar

O projeto possui características sustentáveis como, por exemplo, a captação de águas da chuva e a escolha de louças e metais com baixo consumo de água, de modo a evitar o desperdício durante o seu consumo. Os toldos verticais da fachada frontal permitem um controle da luz solar ideal para minimizar os custos de refrigeração.

Design de interiores e materiais

O revestimento do interior do edifício remete a um olhar industrial, relembrando a exploração fabril do bairro em sua primeira ocupação. O mesmo conceito usado nas fachadas se repete no interior. “Usamos réguas de ardósia no piso e teto aparente, porém, com o contraponto da madeira que reveste as paredes e traz maior calor e conforto visual para o ambiente de trabalho”, finaliza Gisele.


Escritório

Gisele Taranto Arquitetura9 projeto(s)

Local: RJ, Brasil
Início do projeto: 2011
Conclusão da obra: 2013
Área do terreno: 416
Área construída: 1.718

Tipo de obra:
Edifícios comerciais
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo