> > > Four Coworking

Four Coworking

Four Coworking
Colorido e amplo, o projeto do Four Coworking traz a Curitiba (PR) um novo conceito de trabalho Foto/Imagem:Nenad Radovanovic

Um espaço convidativo para trabalhar

Tranquila e confortável, a atmosfera do escritório colaborativo Four Coworking, onde profissionais de diferentes empresas podem dividir o espaço de trabalho, é o destaque do projeto arquitetônico assinado pelas arquitetas Erika Fukunishi e Thalita Miyawaki, sócias fundadoras do EFTM Arquitetura. O espaço amplo, moderno e clean abriga conhecimento e cultura; convida os seus frequentadores a passarem ali horas agradáveis de trabalho e troca profissional.

Desenvolvido pelo conceito da marca, o programa segue quatro pilares: conexões, experiências, desenvolvimento e produtividade. A partir desse conjunto, criou-se a imagem do trabalho de forma original, incentivando novas experiências, colaboração e facilidade no dia a dia dos coworkers, promovendo a interação, qualitativa e quantitativa, entre as pessoas.

As cores do work

A solicitação dos proprietários foi para que o Four Coworking encorajasse a ajuda mútua entre o público, além de proporcionar ferramentas para o crescimento pessoal e profissional. Isso foi traduzido pelas arquitetas em ambientes coloridos, com uma vegetação natural, objetos e móveis aconchegantes, e um visual clean, que remete à infância e ao lar de todos.

A decoração dos dez ambientes tem como base as quatro cores da marca, que traduzem os princípios do escritório e a setorização interna. A paleta inclui o verde para as conexões; rosa para as experiências; amarelo para o desenvolvimento; e o azul para a produtividade.

“O verde está na área compartilhada, onde o próprio nome sugere a conectividade entre pessoas. O rosa foi designado à parte social, pois ali ocorrem a troca de ideias e as experiências de maneira mais descontraída. O amarelo foi destaque para a sala de reuniões e de palestras, onde é necessária a inspiração com um misto de criatividade e raciocínio. E o azul foi escolhido para as salas individuais, nas quais a tranquilidade e a concentração são importantes”, exemplifica Fukunishi.

Ainda que haja cores em todos os ambientes, as paredes receberam fundo branco, e pontos específicos ganharam pinturas icônicas de artistas locais.

Reutilização de materiais

Four Coworking - Um espaço convidativo para trabalhar
Uma casa antiga foi reformada para abrigar o novo projetoFoto: Nenad Radovanovic

O Four Coworkingé o retrofit de uma antiga casa. Para a adaptação do novo projeto, a reforma consistiu na demolição controlada, no reforço e no fechamento da estrutura, nos acabamentos, na substituição e na modernização de instalações elétricas, de telefonia, de dados, hidráulica e de ar condicionado, na aplicação do piso elevado e no design da fachada.

A edificação do escritório já contava com estrutura elétrica e de iluminação, porém alguns pontos precisavam ser reposicionados para atender as funções necessárias. “Uma questão importante foi a troca de lâmpadas incandescentes e fluorescentes pelas de led”, comenta Miyawaki.

Segundo as arquitetas, entre os materiais de destaque estão o drywall, que teve seu papel fundamental para agilizar a obra e criar espaços únicos para atender cada um dos empresários, e as pinturas em vários estilos, nas paredes externas e internas.

Sob medida

O mobiliário, exceto da área do café, foi planejado e desenhado pelo escritório de arquitetura exclusivamente para o Four Coworking. As peças foram projetadas para atender ao número necessário de pessoas de forma ergonômica e confortavelmente adequada. “Alguns móveis são soltos, para ocupar espaços em que a mobilidade é necessária. Outros encaixam-se sob medida, para cumprir funções fixas”, concluem Fukunishi e Miyawaki.


Escritório

EFTM Arquitetura8 projeto(s)

Local: PR, Brasil
Área construída: 430

Tipo de obra:
Escritórios
Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo