> > > Casa Terra

Casa Terra

Casa Terra
O projeto da Casa Terra procurou respeitar ao máximo a topografia e o entorno, criando uma moldura para a paisagem ao redor. Vidros e materiais naturais destacam-se na construção Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Implantação natural

O grande objetivo do escritório Bernardes Arquitetura ao desenvolver o projeto arquitetônico da Casa Terra, em Itaipava (RJ), era conseguir que sua implantação no terreno acontecesse da forma mais natural possível, sem agredir o entorno, mas sim adaptando-se à topografia.

Vêm dessa questão, inclusive, o nome e a coloração da construção – avermelhada como a terra da região. “Era essencial, também, que a morada fosse térrea, enraizada no solo, e que o exterior pudesse ser contemplado pelos proprietários de dentro da residência”, lembra o arquiteto Francisco Abreu.

Sem fronteira

Inspirados pela vista da região, os arquitetos procurar criar um desenho que emoldurasse a paisagem a partir dos limites da construção. “A Casa Terra não tem uma fachada propriamente dita, apenas empenas, com fechamento de espaços por esquadrias de vidro”, explica o arquiteto Vitor Cunha.

A estrutura de madeira laminada colada da cobertura chegou pronta, sendo necessário apenas encaixá-la, o que facilitou a execução da obra. O concreto pigmentado da fachada, que traz a cor de destaque para a casa, foi feito especialmente para ela a partir de uma pesquisa realizada pelos arquitetos, que queriam chegar a um tom exato.

Casa Terra - Implantação natural<BR>
Ambientes independentes e cores quentes caracterizam o projeto de interiores Foto: Leonardo Finotti

Graças ao uso extenso uso de vidro, os limites entre interior e exterior são fluidos, com pátios que se abrem para o jardim. Um corredor integra interior e exterior, ajudando a ampliar a sensação de liberdade aos moradores.

“A arquitetura pode te proteger e abrigar quando você precisa, mas também pode integrar, como aconteceu nessa casa com ajuda das esquadrias de vidro”, comenta Abreu.

Segundo ele, simplicidade foi outra palavra de ordem no projeto arquitetônico, definido apenas por algumas linhas. O restante são fechamentos em vidro e a cobertura que se destaca. “São poucos detalhes”, complementa.

Interior em harmonia com exterior

O projeto de interiores se assemelha ao exterior, tendo sido feito junto com a arquitetura. Cada um dos volumes foi distribuído de forma independente, mas unidos por um corredor central. Por causa da topografia, foi necessário criar alguns espaços separados.

“Nossa ideia foi deixá-los iguais, porém independentes. Quando você passa pelo corredor, você enxerga essa alternância entre os ambientes”, relata Cunha.

Tons neutros e terrosos e materiais naturais, como a madeira, caracterizam a decoração e é uma das marcas dos arquitetos.

Além disso, a casa conta com placas de aquecimento solar para a água e a piscina, solução perfeita já que ela recebe muita insolação.

Escritório

Bernardes Arquitetura7 projeto(s)

Local: RJ, Brasil
Início do projeto: 2012
Conclusão da obra: 2015
Área construída: 1.000

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo