> > > BNP Paribas Cardif

BNP Paribas Cardif

BNP Paribas Cardif
A circulação circular proposta pela Arealis permitiu o fácil acesso a qualquer ambiente da BNP Paribas Cardif. Elementos retroiluminados levam tecnologia ao espaço Foto/Imagem:Maíra Acayaba

Calçada interna em destaque

A nova sede da seguradora BNP Paribas Cardif ocupa uma laje inteira do Edifício Millenium, que fica no bairro paulistano da Vila Olímpia. Em 1,2 mil m², o projeto de interiores elaborado pela Arealis adaptou-se à circulação principal do prédio (centro) ao envolver o núcleo com uma “calçada interna” circular, que permitiu o fácil acesso a qualquer ambiente da empresa. A partir dessa configuração, fica evidente o principal conceito da proposta: criar espaços integrados, permeáveis e dinâmicos.

Além disso, o arquiteto Enrico Benedetti conta que a BNP Paribas Cardif havia ampliado seu negócio para o mundo digital. Dessa forma, era imprescindível criar um conceito arquitetônico que também traduzisse a identidade tecnológica da multinacional.

Isso ficou claro, sobretudo, no hall de entrada. Um dos volumes que delimita a área recebe uma estrela de acrílico verde retroiluminada, a qual se projeta para os demais blocos, porém, aos poucos transformando-se num pássaro.

Mais que tecnologia, essa solução praticamente replica o emblemático logotipo da seguradora. Além da brincadeira com o desenho, os quatro volumes convexos que marcam o hall de entrada correspondem aos quatro valores do grupo: compromisso, reação, ambição e criatividade.

Ambientes em círculo

Entre os volumes do hall de entrada, intercalam-se cinco portas de correr de vidro que dão acesso a todos os ambientes da BNP Paribas Cardif. Os visitantes podem ser direcionados ao showroom (à frente), às salas de reunião, aos espaços colaborativos, às salas individuais e às áreas de descompressão (todas à esquerda), bem como ao staff de trabalho (à direita).

BNP Paribas Cardif - Calçada interna em destaque
Entre as mesas de trabalho e as salas dos diretores, a Arealis implantou dois espaços colaborativos. Eles são fechados para garantir a privacidade acústica, porém, vidrados para facilitar a comunicação dos colaboradores Foto: Maíra Acayaba

À frente do hall de entrada encontra-se o showroom. Em formato de trapézio, o espaço também usufrui de tecnologia, pois segue equipado com nichos retroiluminados dentro dos quais são colocados à disposição tablets, smartphones, impressoras 3D e monitores. No centro do espaço, há ainda uma pequena biblioteca, com livros e folders que contam a história da empresa.

A partir dali, outros ambientes vão surgindo nesta sequência: sala de treinamento, área de descompressão, ampla área de trabalho e salas dos executivos. Ocupando boa parte da fachada principal do edifício – feita de vidro –, o staff aproveita ao máximo a entrada de iluminação natural.

Entre as mesas de trabalho e as salas dos diretores, a Arealis implantou dois espaços colaborativos, por sua vez “fechados para garantir a privacidade acústica, mas vidrados para facilitar as interações entre líderes e colaboradores”, explica Benedetti.


Escritório

Arealis13 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área construída: 1200

Tipo de obra:
Escritórios
Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo