> > > Apê 62

Apê 62

Apê 62
Após reforma assinada pelo escritório Vitrô Arquitetura, o Apê 62 ganhou espaços mais integrados, harmoniosos e claros Foto/Imagem:Ana Mello

Retrofit nas alturas

Localizado na Pompeia, zona oeste de São Paulo, o Apê 62 passou por uma reforma em 2013 que lhe trouxe mais personalidade e integração. O projeto arquitetônico e de interiores foi assinado pelo escritório Vitrô Arquitetura e buscou imprimir fluidez aos ambientes, especialmente entre a sala de estar e a cozinha, de forma que elas constituíssem uma única área social.

A planta do imóvel, com 93m², era originalmente formada por três quartos, sala, banheiro social, cozinha, lavanderia e banheiro de serviço. Com a reforma, foram demolidas as paredes e os vãos, mas sem fazer mudança estrutural. "Além disso, eliminamos o banheiro de serviço e redimensionamos o principal, para termos dois de tamanhos confortáveis. Um foi incorporado ao quarto central e o outro ficou para a área social”, explica a arquiteta Nathalia Favaro, que assinou o projeto do Apê 62 junto de Sarah Mota, ambas do Vitrô Arquitetura.

A arquiteta conta que o projeto buscou manter a circulação contínua ao redor dos banheiros, interligando área social, íntima e de serviço, e eliminar a barreira física que separava cozinha e sala.

Construção econômica

Como tornar os espaços mais integrados era uma das principais propostas do projeto, as arquitetas utilizaram um único piso em todo o apartamento, o granilite. "Feito na obra e com juntas muito discretas, esse piso reforça a ideia de amplitude, claridade e unificação”, menciona Nathalia.

Além disso, o uso de um piso inteiro dispensou a contratação e o gerenciamento de outros serviços, como marmoraria para as baguetes, rejuntes para aplicação e mão de obra específica para o assentamento, deixando a construção do Apê 62 mais econômica e a manutenção mais simples.

Com o início da obra, foram descobertos tijolos maciços usados na construção do edifício. As arquitetas, então, tiveram a ideia de deixá-los aparentes, e a partir disso escolheram os demais acabamentos. As vigas e o pilar de concreto também foram expostos seguindo a proposta de deixar à mostra detalhes da construção do prédio. “O tijolo já existia, eu só apliquei a mesma resina do piso para evitar o esfarelamento do próprio do material. Na verdade, foi a única solução que encontramos para manter a cor original dele e não dar brilho como um verniz”, completa.

Apenas as paredes do box do banheiro receberam revestimento em pastilha de cerâmica. O que sobrou do material foi aplicado ao redor do tanque.

Eficiência energética

A iluminação do Apê 62 é quase totalmente indireta, com exceção dos spots da cozinha, que foram usados para tornar a área de trabalho mais iluminada. No entanto, como o imóvel é muito claro, durante o dia a luz natural é suficiente.


Escritório

Vitrô Arquitetura4 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2013
Conclusão da obra: 2013
Área do terreno: 93

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo