> > > Edifício Tico RV

Edifício Tico RV

Edifício Tico RV
O Edifício Tico RV – assinado pelo Terra e Tuma – está inserido em um terreno com 212 m². O prédio é dividido em dois blocos separados por uma área verde central, o que garantiu aberturas para os dois lados em todas as suas 12 unidades, com 35 m² Foto/Imagem:Pedro Kok

Justa medida

Em São Paulo, um lote urbano de pouco mais de 200 metros quadrados, onde antes existia apenas uma casa, deu lugar a um edifício de 12 apartamentos, cada um com 35 metros quadrados e um dormitório. O empreendimento, batizado de Edifício Tico RV, foi projetado por Terra e Tuma Arquitetos Associados.

De acordo com Pedro Tuma, coautor do projeto arquitetônico ao lado de Juliana Terra, Danilo Terra e Fernanda Sakano, um dos maiores desafios foi fazer com que as unidades habitacionais conseguissem ter privacidade entre elas e, ao mesmo tempo, possibilidade de encontro – “algo comunitário”, nas palavras de Pedro.

A estratégia projetual viabilizou a implantação de todos os apartamentos com duas fachadas, favorecendo iluminação e ventilação naturais. “O edifício foi implantado em duas pequenas torres. Ele é térreo com mais três níveis na parte de trás, e térreo com mais dois níveis na parte da frente. Com essa divisão entre torres, abrimos um vão no meio e conseguimos que todos os apartamentos tivessem frente para os dois lados”, explicou Juliana Terra.

A edificação em dois volumes, com meio nível de diferença entre os pavimentos, também propiciou uma circulação vertical confortável e dinâmica, além de dois generosos jardins nos apartamentos térreos.

Segundo os arquitetos, a abertura de um pátio no térreo foi algo previsto desde o início, para deixar entrar luz e ventilação, mas também para criar um lugar agradável, com paisagismo delicado – projetado por Gabriella Ornaghi e Bianca Vasone Arquitetura da Paisagem –, onde as pessoas pudessem se sentar e conversar.

“Nesse pátio tem dois canteiros com banco. Esses canteiros com verde não estão ali por acaso. Além de agregar valor, eles também oferecem mais privacidade para os apartamentos que estão no piso de trás, os apartamentos-jardim”, expôs Juliana.

Programa enxuto, mas de qualidade

Além dos 12 apartamentos, o programa conta com uma loja, banheiro e lavanderia coletiva no pavimento térreo, e um solário e área para festas e encontros na cobertura. “Esse terraço, que está sobre o bloco da frente, é um lugar delicioso, e, apesar de ter torres em volta, tem uma vista bastante extensa”, mencionou Pedro Tuma.

Segundo os arquitetos, o cliente se mostrou consciente e em consonância com os princípios do Terra e Tuma, buscando na arquitetura o amparo para um bom projeto, apartamentos confortáveis e viáveis para o mercado “Uma edificação com linguagem própria e capaz de fazer da cidade um lugar mais amistoso e sadio”, comentaram.

“Tentamos sempre trazer o máximo de qualidade para os nossos projetos, mesmo que sejam apartamentos de 35 metros quadrados. A qualidade de vida tem que ser para todo mundo”, defendeu Juliana.




Escritório

Terra e Tuma10 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2019
Conclusão da obra: 2021
Área do terreno: 212
Área construída: 565

Tipo de obra:
Edifícios Residenciais
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo