> > > Casa Canto Cholul

Casa Canto Cholul

Casa Canto Cholul
Ao desenhar a Casa Canto Cholul, o escritório Taller Estilo e Arquitetura foi direcionado pelas 60 árvores que estavam presentes no terreno Foto/Imagem:David Cervera

Materialidade simples, natureza abundante

"Os seres humanos não devem tentar conquistar a natureza com a tecnologia, eles devem criar arquitetura que é abençoada pela natureza". A frase é do icônico arquiteto japonês Toyo Ito, mas foi utilizada de modo certeiro pelos arquitetos do Taller Estilo Arquitectura para projetar a Casa Canto Cholul.

Situada em Yucatán (México), a morada foi erguida em um lote de 2.310 m², que originalmente contava com 60 árvores. Sendo assim, o volume de 361 m² foi completamente adaptado à flora local. “O projeto visou criar uma coexistência dinâmica, espacial e formal entre a arquitetura e a natureza”, reforçam os arquitetos.

Caminho das árvores

Por fora, o muro construído em pedras regionais curvas esconde a estrutura. O acesso principal da casa é alcançado depois de um extenso caminho percorrido entre as árvores e as sombras oferecidas por elas.

Toda a casa é distribuída em formato de "U", passando primeiro pela sala de estar, depois sala de jantar e, no fim desse primeiro bloco, pela cozinha. Todos os ambientes, claro, são vedados com panos de vidro que dão transparência ao terraço coberto e ao pátio central, espaço natural que organiza a estrutura do projeto. “A área de lazer é incorporada ao programa arquitetônico, mas não se integra ao prédio, sendo um espaço da casa que é inserido para cumprir sua função sem afetar a privacidade dos usuários.”

Graças ao conjunto de espaços configurados em direção ao pátio central de forma circular, sua cobertura fica em evidência e ressalta as características do seu entorno. Trata-se de um projeto cuidadosamente orientado, no qual a simplicidade e a beleza do entrelaçamento entre arquitetura, memória e natureza são observadas.

O desenho do espaço de lazer proporciona aproveitamento total da natureza Foto: David Cervera

Os quartos estão localizados sequencialmente. Embora discretos em sua conexão com o pátio, estão voltados para o jardim. Finalmente, o quarto principal (com direito a closet e suíte) abre-se para o pátio central, de forma que a ventilação e a iluminação natural preencham o espaço dia e noite.

Além da disposição da construção, todos os revestimentos refletem sua topografia. O cimento – utilizado em abundância – foi pigmentado de acordo com os tons das árvores e do ambiente de sua aplicação. No exterior ele aprece branco, enquanto no interior mescla com o cinza. No mais, vidro, madeira cedro e pedras completam uma casa “muito simples em sua materialidade”, de acordo com os arquitetos.


Escritório

Taller Estilo Arquitectura3 projeto(s)

Local: YU, México
Conclusão da obra: 2016
Área do terreno: 2310
Área construída: 361

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo