> > > Casa Ananda

Casa Ananda

Casa Ananda
A Casa Ananda é morada de uma professora e praticante de ioga e meditação e foi toda pensada para lhe trazer bem-estar, alegria e conforto, assim como a seus alunos Foto/Imagem:Lucas Franck

Um jeito leve de morar

Foi no hinduísmo que os arquitetos da Stemmer Rodrigues foram buscar o nome Casa Ananda, cujo significado é felicidade suprema e êxtase. Isso porque a residência foi projetada para uma praticante e professora de ioga e meditação, que desde o começo deixou bem claro sua vontade de ter um espaço leve para viver e receber seus alunos.

Localizada em Eldorado do Sul (RS) em um terreno com 600 m², a morada “dá as boas-vindas já na entrada principal, onde os pilotis que sustentam o solarium se mimetizam com a natureza, enquanto as calhas de vidro configuram em suas curvas um abrigo dedicado à prática da meditação e da yoga”, explica Ingrid Stemmer, sócia-fundadora do escritório.

A integração é notória no projeto da Casa Ananda Foto: : Lucas Franck 

Espaços para o dia a dia

Com 350 m² de área construída, os ambientes foram dispostos em um programa com dois pavimentos: térreo e primeiro andar. O térreo, totalmente integrado com o entorno, abriga a sala de estar, a área de serviços e o espaço para aulas de yoga. Ainda nesse pavimento se encontram a varanda com churrasqueira e o deck revestido em mármore bruto, onde a moradora recebe seus amigos e familiares para encontros ao ar livre.

No primeiro andar concentram-se as três suítes, um solarium (face norte) e vãos abertos para a entrada de luz solar durante o dia. 

A natureza está por todos os lados! Ao redor da casa, nos decks de madeira, no térreo, no segundo pavimento e na entrada. Os espaços abertos e integrados recebem iluminação e ventilação naturais. Além disso, os arquitetos exploraram a ventilação cruzada, que possibilita a circulação do ar por todos os cômodos.

O design de interiores foi projetado pelo próprio escritório, que criou ambientes contemporâneos para modernizar os espaços e oferecer uma sensação de aconchego que combina com o entorno.

Materiais predominantes

Os arquitetos exploraram o concreto aparente e a madeira, tanto nos ambientes internos quanto nos externos. Na fachada dos dormitórios foram colocados painéis de madeira que protegem o ambiente da luz solar.

Entre os materiais, destacam-se o vidro, o concreto e a madeira. “A madeira ripada reveste a face da fachada no andar superior, em frente ao solarium, levando mais aconchego para a área íntima e equilíbrio para o design”, finaliza Luciana Medeiros, coordenadora do projeto na Stemmer Rodrigues.


Escritório

Stemmer Rodrigues14 projeto(s)

Local: RS, Brasil
Área do terreno: 600

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo