> > > Nova sede do escritório Robert Wong

Nova sede do escritório Robert Wong

Nova sede do escritório Robert Wong
O uso de um painel iluminado por LED com foto em HD de bambuzal é o elemento principal do escritório que busca manter a tradição cultural chinesa Foto/Imagem:Patrícia Nogueira

Cantinho do oriente

Aspectos culturais nunca se perdem na arquitetura. Na realidade, é justamente onde melhor se expressam. Daí o motivo que torna a nova sede de uma empresa de headhunter tão marcante. Neste caso, a tradição oriental daria significado ao projeto, porque aquele escritório que antes era uma casa rodeada por bambus chineses no paulistano Jardins, deslocara-se para um edifício no Brooklin. Evidente que a proposta era encontrar alternativas que suprissem a falta da simbologia original.

O painel

O painel central de divisória com a foto de bambus, bem iluminado, é o protagonista do programa. Ao entrar em harmonia com elementos leves e espaços que privilegiam a claridade, evidencia a cultura de seu proprietário.

“O uso do painel de vidro com iluminação em LED recebe a aplicação de uma foto em HD do bambuzal. Foi proposital colocá-lo logo na entrada, a fim de criar um clima de área verde, e dar o apelo oriental desejado”, conta Stephan Steyer.

Este grande painel distribui o escritório em dois planos. Salas de reunião e área social de um lado, e do outro, os escritórios – salas de staff, gerência e diretoria.

Quebrando a estigma de laje corporativa

O programa toma proporções que amenizam o teor de ambiente corporativo, e se assemelham em alguns aspectos à antiga casa. Assim, criam-se corredores largos, áreas bem iluminadas e referências ao verde. Explora-se a iluminação de cores quentes misturadas aos diferentes tipos de lâmpadas.

“Por tratar-se de uma empresa de headhunter, houve uma preocupação especial com a acústica e o fluxo de visitantes. Simplesmente determinamos áreas específicas para receber as pessoas em alas diferentes do andar”, explica.

O arquiteto ressalta, ainda, os elementos que acompanharam o padrão estabelecido. “Na questão acústica, desenvolvemos septos de drywall sobre as paredes de divisória em melamina, e aplicamos lã de rocha internamente. Além disso, forros para a absorção de ruídos foram instalados no teto do escritório. Peças de porcelanato revestiram os pisos das áreas de estar e recepção, e especificamos vidros com estrutura de alumínio”.

Mais do conceito oriental

Interessante, também, é a utilização de carpetes que se aproximam do tipo de piso tão observado em casas chinesas. O próprio mobiliário acompanha o ambiente a partir de estações de trabalho de aparência rústica e com grande funcionalidade para comportar a quantidade de profissionais do escritório.


Fornecedores desta obra

Escritório

ST Arquitetura10 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2009
Conclusão da obra: 2010
Área construída: 250

Tipo de obra:
Edifícios comerciais
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo