> > > Casa G

Casa G

Casa G
Na região arborizada de Urubó, na Bolívia, está a Casa G. Os arquitetos do sommet foram convidados para projetar uma residência que fosse conectada com uma generosa área verde Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Conexão com o exterior

Os arquitetos do sommet foram os autores do projeto arquitetônico da Casa G, que está localizada em um condomínio fechado na região da Colina del Urubó, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A residência está em um terreno privilegiado, totalmente cercado por uma generosa vegetação.

A topografia original permitiu que os volumes da casa pudessem ser apoiados no ponto mais alto, aproveitando o desnível para criar áreas de serviço e garagem no subsolo.

“Essa configuração levou à divisão do programa residencial em três níveis – subsolo, térreo e primeiro andar. E, ao mesmo tempo, manteve uma composição de dois volumes que se sobrepõem e repousam no terreno natural”, conta o arquiteto Sebastián Fernández de Córdova.

Espaços bem definidos

No subsolo está a garagem, uma suíte, área de serviços e uma sala de máquinas.

O acesso principal orienta os moradores até o térreo, que tem o conceito de planta livre. “O hall de entrada nos leva ao quarto da família e ao salão principal, onde ficam quarto de hóspedes, cozinha e salas de estar e jantar”, explica o arquiteto.

No primeiro andar, as salas de jantar e estar se estendem ao terraço para que os proprietários possam aproveitar a vista da pequena floresta à frente. Ainda no pavimento, em uma caixa de vidro, ficam academia, sauna e área gourmet. Já no segundo andar, ficam três suítes.

Contemplação da natureza

Na área externa, um extenso terraço verde se estende à piscina com vista para uma generosa vegetação. Além disso, para a contemplação da natureza, os arquitetos optaram por não ofuscar a vista externa, fazendo os fechamentos com vidro, já que proporcionam leveza e transparência.

A distribuição dos espaços não afetou a circulação, ao contrário, permitiu maior fluidez entre os ambientes. Entre a sala de estar e a academia, pode-se apreciar um vazio de conexão que integra esses espaços. Além disso, leva a um telhado verde que dá para o pátio interno e para a piscina.

Veja outras residências conectadas com a natureza na Galeria da Arquitetura:

Casa MS

Canal House

The Jungle Frame House


Escritório

sommet3 projeto(s)

Local: SA, Bolívia
Início do projeto: 2017
Conclusão da obra: 2018
Área do terreno: 1500
Área construída: 747

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo