> > > Casa K

Casa K

Casa K
Em Araraquara (SP), o escritório Renata Barbugli Arquitetura projetou a Casa K — uma residência térrea, de 250 metros quadrados de área construída, que foi desenvolvida com foco especial no convívio familiar Foto/Imagem:Favaro JR

Garantindo interações

Texto: Naíza Ximenes

Em Araraquara, cidade do interior de São Paulo, o escritório Renata Barbugli Arquitetura projetou a Casa K — uma residência térrea, de 250 metros quadrados de área construída, que foi desenvolvida com foco especial no convívio familiar.

Concebida para uma família moderna, a morada tem um partido arquitetônico que busca explorar ao máximo a integração dos ambientes sociais, proporcionando espaços abertos e conectados que promovem a interação e o lazer dos moradores.

Uma preocupação comum em projetos que priorizam a integração e amplitudes dos espaços é a privacidade da área íntima. Nesta obra, não foi diferente. Pensando nisso, a arquiteta Renata Barbugli, que dá nome ao escritório, organizou os cômodos de forma que o bloco privativo, onde estão os quartos e o escritório, tivesse um acesso discreto, criando um equilíbrio perfeito entre convivência e reclusão.

O terreno foi outro elemento que demandou maior atenção, devido à topografia com desvios naturais. A solução foi apostar em uma implantação estratégica, aproveitando da frente ampla de 19 metros e da orientação geográfica privilegiada, garantindo que a casa usufruísse da melhor exposição solar e ventilação natural.

foto da sala de estar da casa Koddor. À esquerda, está a parte da TV, com poltronas de madeira, sofá branco e painel cinza para colocar a TV em cima. À esquerda, a sala de jantar, com uma grande mesa de madeira e cadeiras de madeira acoplados à ilhaO projeto é marcado por elementos em madeira, ferro e pedra, que criam um conceito moderno, elegante e aconchegante 


Materiais que garantem funcionalidade

Com estilo contemporâneo, a Casa K é marcada por um elemento em especial, além da integração: a iluminação natural em abundância. Todo o design foi concebido para maximizar a entrada de luz, especialmente na área de convívio, que conta com pé-direito alto.

Grandes portas de vidro e de correr conectam área interna e externa, transformando a cozinha em uma grande varanda gourmet, com acesso direto à piscina. Essa característica também garante uma transição suave entre os ambientes, além de facilitar a ventilação cruzada no interior e manter os ambientes frescos e arejados.

Clique aqui, siga o canal da Galeria da Arquitetura no WhatsApp e receba os melhores conteúdos sobre arquitetura no seu celular.

Em relação ao design de interiores, a aposta foi em um conceito mais sóbrio, aliado ao uso de materiais naturais — como madeira, ferro e pedra —, que conferem uma sensação de aconchego e robustez à residência. Além da estética, a escolha de materiais também está alinhada à funcionalidade e durabilidade do projeto, uma estratégia que contribui para a manutenção da proposta atemporal da casa.

A madeira foi utilizada tanto nos revestimentos, quanto no mobiliário, no forro do teto e em detalhes estruturais, garantindo a conexão com a natureza no entorno. O ferro, por sua vez, foi utilizado em elementos estruturais e decorativos, dando um toque de modernidade à casa. A pedra, por fim, foi utilizada em áreas específicas (como o entorno da piscina) e em detalhes da fachada, conferindo elegância ao conceito.

Confira outros projetos de Renata Barbugli Arquitetura:

Escritório

Renata Barbugli Arquitetura2 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2022
Conclusão da obra: 2023
Área do terreno: 480
Área construída: 250

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo