> > > Verve Comunicação

Verve Comunicação

Verve Comunicação
Os espaços da Verve Comunicação são integrados para facilitar o trabalho coletivo e incentivar maior interação entre os funcionários Foto/Imagem:Igor Ribeiro

Diálogo de ambientes

Os clientes pediram e o escritório Rede Arquitetos atendeu: o projeto da Verve Comunicação, em Fortaleza/CE, devia incorporar elementos de design que estimulassem a conversa entre as áreas de trabalho da agência, fugindo ao máximo do ambiente corporativo tradicional de salas comerciais. Assim, materiais à mostra, obras de arte expostas e action figures complementam-se e definem a identidade do projeto arquitetônico.

"Buscamos priorizar espaços integrados, privilegiando a vista para a praia de Iracema. Optamos por uma paleta de cores sóbrias, sobretudo em tons neutros, possibilitando um maior destaque para as coleções que compõem os espaços", conta o arquiteto Bruno Braga.

Distribuição do layout

A maior dificuldade do escritório foi atender a todas as demandas funcionais em um espaço relativamente pequeno. A solução foi lançar mão de poucas divisões entre os ambientes.

"Outro desafio que enfrentamos foi o de dar o caráter da agência que fugisse do ambiente tradicional corporativo, uma vez que o projeto ocupa um espaço de seis salas comerciais de um edifício empresarial", comenta, ainda, Braga.

O projeto se divide em quatro partes. A primeira é a recepção, localizada na extremidade, que atua como uma pequena câmara escura e faz a transição do espaço neutro dos corredores do edifício para o espaço interno da agência.

Verve Comunicação - Diálogo de ambientes
Obras de arte e action figures definem a identidade do projeto Foto: Igor Ribeiro

A segunda parte do projeto é um grande espaço livre de trabalho coletivo, possibilitando maior interação entre os funcionários, além de flexibilidade no uso e melhor aproveitamento da ampla vista.

A terceira parte exigia maior privacidade, por isso é protegida por estações fixas. Isso não significou uma perda na flexibilidade, já que tais espaços podem ser ampliados, como é o caso da sala de reuniões e da sala de brainstorm, separadas por divisória móvel.

Por último, na extremidade oposta à recepção, encontram-se a copa e a área de convivência, resguardadas em um único espaço.

“O grande destaque do projeto é a boa distribuição dos espaços, bem dividido entre locais livres de trabalho e salas mais resguardadas para atividades como reuniões ou de administração, garantindo espaços flexíveis que podem mudar a disposição ao longo do tempo”, considera o arquiteto.

Integração

Os ambientes de trabalho são integrados. As separações são definidas apenas por mobiliários, e mesmo os espaços fechados possuem divisórias de vidro que garantem uma integração visual.

A iluminação, posicionada de acordo com os layouts propostos, reforça essas estratégias projetuais e também colabora com a criação de espaços.

"Optamos por materiais como tijolos, concreto, divisórias de alumínio e vidro, a fim de dar personalidade ao projeto. Em sua maioria, esses materiais deixados à mostra. Usamos os tijolos nas paredes das extremidades, divisórias nas paredes internas e concreto na estrutura", conclui Braga.


Escritório

Rede Arquitetos3 projeto(s)

Local: CE, Brasil
Início do projeto: 2015
Conclusão da obra: 2016
Área construída: 160

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo