> > > Acácias

Acácias

Acácias
O escritório PAX.ARQ projetou o dormitório Acácias em uma área reduzida, mas com ampla comodidade para os seus hóspedes Foto/Imagem:Divulgação PAX.ARQ

Muito conforto em pouco espaço

O dormitório Acácias foi desenvolvido pelos arquitetos Paula Sertório e Victor Paixão, sócios no escritório PAX.ARQ, para abrigar todas as funções básicas de uma residência em um único cômodo. O projeto arquitetônico possui um programa reduzido – 45 m² – e está localizado em meio às terras de um sítio particular na cidade de Botucatu, interior de São Paulo.

O ponto de partida para a construção partiu da necessidade dos moradores de acrescentar novos quartos aos hóspedes sem interferir nas estruturas existentes da casa principal, mas que não deixassem de assegurar conforto e acolhimento.

Construção in loco

Todo o processo de concepção do dormitório Acácias procurou garantir maior precisão de custos e prazos, além da utilização de recursos renováveis.

Sertório e Paixão utilizaram um material pouco conhecido no Brasil, o CLT – Cross Laminated Timber. Trata-se de painéis de madeira laminados que oferecem desempenho ambiental e sustentável, além de flexibilidade de design, custo-competitividade e integridade estrutural.

“O uso de novos materiais requer um estudo sobre as suas aplicações e execução, o que para nós foi um desafio e, consequentemente, um grande estímulo”, declaram os arquitetos.

O CLT propicia a construção in loco, planejada para acontecer em cinco dias, tornando a construção rápida e seca. Depois do planejamento, a estrutura começa a ser fabricada digitalmente por máquinas CNC – Computer Numerical Control, operadas por comandos precisamente programados e codificados em um meio de armazenamento.

Para os sócios, o que compõem o projeto é a metodologia de fabricação e construção, que se baseia na programação precisa das peças, que são usinadas e, posteriormente, montadas.

Naturalidade

Acácias - Muito conforto em pouco espaço
Grandes aberturas foram projetadas para a entrada da luz solar e para que os hóspedes pudessem apreciar o verde do entornoFoto: Divulgação PAX.ARQ

Prezando a entrada da luz do dia e a valorização da paisagem do entorno interiorano paulista, grandes aberturas foram projetadas para as contemplações. O layout do dormitório propõe conforto e privacidade para que os hóspedes desfrutem tranquilamente de suas estadias no sítio.

Madeira

A madeira foi escolhida como o material predominante na construção, por garantir todos os requisitos desejados tanto pelos moradores como pelos arquitetos. Foi utilizada como estrutura e nos revestimentos externos e internos.

As fachadas foram revestidas com Viroc®, painel constituído por uma mistura de partículas de madeira e cimento. “Ele funciona como bom isolante termoacústico”, concluem os arquitetos.


Escritório

PAX.ARQ9 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área construída: 45

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo