> > > Residência na Barra do Sahy

Residência na Barra do Sahy

Residência na Barra do Sahy
Casa de praia projetada para ser extremamente funcional foi resultado de um processo construtivo rápido, eficiente e econômico Foto/Imagem:Nelson Kon

Leveza praiana

A varanda conecta todos os cômodos dessa residência de veraneio, localizada da Barra do Sahy – praia do litoral norte paulista. Idealizado pelo escritório Nitsche Arquitetos, o projeto integrou as três suítes e a área de estar à cozinha em uma sequência linear. “As circulações internas foram eliminadas para otimizar o aproveitamento da área construída e conferir independência a cada ambiente”, destaca a arquiteta responsável Lua Nitsche.

A principal exigência era a implantação rápida de uma casa totalmente funcional. “Criamos espaços regulares, cujas dimensões resultam da modulação da estrutura”, explica. Foram escolhidos materiais que já chegaram prontos ao canteiro de obras para minimizar o processo artesanal e diminuir os entulhos durante o processo construtivo. Lajes pré-moldadas de concreto foram escolhidas para a construção da plataforma de piso. “Sobre esta plataforma foram feitas todas as paredes em alvenaria de bloco de concreto – opção mais barata e viável da região”, detalha a arquiteta.

Materiais da estrutura

A madeira jatobá foi utilizada em toda estrutura. Montada em apenas cinco dias, confere atmosfera rústica à residência. A cobertura foi montada com telhas termoacústicas de alumínio. Para o fechamento, os caixilhos de alumínio com grandes placas de vidro foram os itens de maior destaque. A laje foi revestida com pedra São Tomé – conhecida por sua alta resistência e bom desempenho térmico. “Esse material funciona bem tanto em áreas externas quanto internas. Devido a essa característica, a grande plataforma de piso dilui os limites entre o dentro e fora. Assim, quando todas as portas de correr se abrem, a amplitude do espaço – reforçada pela continuidade do piso – transmite a sensação de leveza”, ressalta.

Soluções construtivas

Com as altas temperaturas e a umidade típica do litoral, a casa foi incorporada com soluções ideais para diminuir esses gargalos e o custo com equipamentos climatizadores. “Para evitar a absorção da umidade proveniente do solo propusemos sua construção sobre uma plataforma de concreto suspensa do chão – garantindo também a total permeabilidade do lote”.

Além disso, de acordo com Lua, a ventilação deveria ser constante para o combate à umidade. “Adequamos os ambientes para possibilitar a abertura em dois lados opostos, favorecendo a ventilação cruzada. A fim de amenizar o calor fizemos da cobertura um grande plano ‘solto’ para sombrear o volume da casa. Entre este plano e o forro há um espaço por onde o ar circula constantemente”, explica.

 


Escritório

Nitsche Arquitetos10 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2002
Conclusão da obra: 2002
Área do terreno: 805
Área construída: 336

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo