> > > Builders Educação Bilíngue

Builders Educação Bilíngue

Builders Educação Bilíngue
Depois da reforma conduzida pelo Nitsche Arquitetos, a escola Builders Educação Bilíngue, no bairro da Lapa, ganhou ambientes mais amplos, integrados, inovadores e sustentáveis Foto/Imagem:Ana Mello

Nova era educacional

Fundada em 1997 por três irmãs com ampla experiência em educação bilíngue, a Builders, que acredita na transformação do ser humano através do amor, propõe um ambiente educacional de acolhimento, respeito e carinho, priorizando o desenvolvimento emocional e social dos alunos. Hoje, a escola que nasceu focada apenas na educação infantil, atende também ao ensino fundamental, oferecendo aulas de bem estar, espanhol e yoga como diferencial.

Depois de mais de 20 anos crescendo, as proprietárias decidiram que estava na hora de repaginar a escola, adequando-a às novas formas de ensinar. Com o desejo de ambientes mais amplos, integrados, inovadores e sustentáveis, as diretoras convidaram o escritório Nitsche Arquitetos para idealizar e materializar os projetos de arquitetura e comunicação visual.

Plano Diretor

A reforma foi desafiadora e demandou que as construções estabelecidas na parte central da escola fossem demolidas para a criação de espaços para atividades esportivas e recreativas. “Por se tratarem de casas agrupadas, sem uma unidade integradora, cada construção tinha sua lógica espacial de subdivisões de escadas e circulações horizontais”, diz a arquiteta Lua Nitsche.

Na primeira visita, a equipe encontrou uma disposição confusa e labiríntica, com poucas áreas livres e de recreação. A partir da análise das plantas existentes, constataram que muitas das alterações dependiam do entendimento do funcionamento pedagógico da escola. Então, acompanhada de diversas hipóteses, foi iniciada uma série de reuniões e diálogos com a diretoria e o corpo docente. O processo foi chamado de Plano Diretor.

O plano previa a reorganização e abertura de novos espaços de circulação e convívio coletivo; agrupamento de salas de aula organizado por faixas etárias parecidas, deixando-as similares em tamanho e tratamento; e requalificação de ambientes de uso permanente.

Anexadas a um prédio já existente, duas novas construções foram feitas com sistemas construtivos pré-moldado, estrutura mista metálica e de concreto. Juntos, reúnem salas multiúso, auditório, refeitório, ginásio e sala de artes.

Desde o princípio do projeto, uma das preocupações era garantir iluminação e ventilação naturais em todos os ambientes. Com esta finalidade, os arquitetos idealizaram aberturas generosas, inclusive algumas zenitais, para lugares voltados para o interior dos prédios, em sentido oposto à fachada. A eficiência acústica foi dada pelo uso de placas de absorção de som aplicadas no teto.

A sustentabilidade é um dos princípios da Builders. Na escola, que oferece mais de 250 almoços todos os dias, todo o lixo orgânico produzido é descartado em composteiras, que geram adubo para uso interno e também para distribuição aos alunos.

Comunicação visual

A comunicação visual foi trabalhada de maneira bastante lúdica. João Nitsche, o desenvolvedor do projeto gráfico, levou à Builders vários elementos de cor e texto, explorando a espacialidade.

Desvendando referências do plano 3D e do mundo virtual, a linguagem foge do padrão e propõe textos em lugares inusitados, como nas vigas e fachadas, usando a arquitetura como suporte. Depois de muito estudo, a paleta de cores combinou cerca de 15 diferentes tons.

O logotipo também passou por uma repaginação. Para traduzir o novo momento, o artista plástico optou pelo uso da tipologia Universe, que brinca com aspectos geométricos, além de ser de fácil reconhecimento e memorização.


Escritório

Nitsche Arquitetos11 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2018
Conclusão da obra: 2019
Área do terreno: 1.613
Área construída: 2.028

Tipo de obra:
Escolas

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo