> > > Residência Parque dos Príncipes

Residência Parque dos Príncipes

Residência Parque dos Príncipes
Design limpo, linguagem contemporânea, terreno em aclive e volumes independentes formam a Residência Parque dos Príncipes Foto/Imagem:Alessandro Guimarães

Volumes paralelos

O partido para a implantação da Residência Parque dos Príncipes reúne volumes paralelos às laterais do terreno trapezoidal. “Com essa descontinuidade, conseguimos abrir visuais nos setores de convívio, favorecendo a criação de áreas verdes ao redor de quase toda a casa”, conta Gustavo Viana, arquiteto do escritório Nautilo Arquitetura & Gerenciamento.

Uma construção com jogo volumétrico de grandes aberturas e uso de diferentes materiais, como tijolo, massa rústica branca e madeira, mostra a influência da arquitetura contemporânea no projeto. “Entre as exigências dos moradores estava a de que nós criássemos um projeto com design limpo e linguagem contemporânea”, relata o arquiteto.

Diante das dificuldades apresentadas pelo terreno íngreme, a implantação da casa teve de ser feita em um solo com aclive acentuado e formato trapezoidal. “A solução adotada resultou na distribuição espacial que cria vazios e favorece as áreas visuais, além de deixar entrar a luminosidade, a ventilação e as áreas verdes”, explica Gustavo.

Concepção fachada

“Nos volumes principais utilizei massa rústica desempenada com areia grossa – pintura branca. Já no volume da caixa d´água – escada –, entre outros detalhes, temos tijolos coloniais assentados com junta seca. Os dois materiais apresentam texturas naturais valorizadas tanto pela luz do dia quanto pela iluminação artificial noturna. E ainda oferecem um ótimo custo x benefício”, comenta.

Interior

“No projeto de interiores trabalhamos a marcenaria fixa com um jogo lúdico nas portas com painel de teca e MDF branco. A madeira teca também foi utilizada na pia do lavabo”.

“A pedido dos moradores, a área social, cozinha e lazer tinham como prerrogativa a integração total”, conta. Apesar da área enxuta, a boa distribuição do layout do estar, jantar e da cozinha – todos integrados à varanda –, configurou um espaço extremamente generoso que favorece o convívio social.

A mescla de tons do painel de teca, em conjunto com os diferentes tons de madeira dos móveis, conferiu harmonia ao ambiente. “Desenhamos a mesa de jantar com pés de madeira cumaru e tampo de vidro. A mesa da varanda, o banco e aparador são de madeira de demolição peroba rosa. Além disso, escolhemos estofados e mesinhas coloridas para contrastar com os acabamentos sóbrios”.

 


Escritório

Nautilo Arquitetura & Gerenciamento4 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2011
Conclusão da obra: 2013
Área do terreno: 584
Área construída: 400

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo