> > > Studio Leblon

Studio Leblon

Studio Leblon
O Studio no Leblon funciona como um anexo da moradia original do cliente. Para tornar isso possível, os arquitetos Ivo Mareines e Rafael Patalano transformaram o pequeno apartamento em um ambiente integrado e sofisticado Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Lazer reservado

O projeto Studio Leblon, desenvolvido pelos arquitetos Ivo Mareines (Mareines Arquitetura) e Rafael Patalano (Patalano Arquitetura), fica localizado em um antigo prédio de seis pequenos apartamentos, com 37 metros quadrados cada, no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro.

“O cliente mora em um tríplex no prédio do lado e queria outro apartamento para receber os seus hóspedes com mais privacidade. O nosso principal objetivo era transformar o apartamento pequeno e compartimentado em um ambiente integrado e, ao mesmo tempo, aconchegante, confortável e sofisticado”, conta o arquiteto Rafael Patalano.

Concepção do design

Mesmo tendo sido uma reforma, o projeto se manteve intacto em quase toda a sua estrutura. A grande maioria das paredes internas foram demolidas, mas, não foi necessária qualquer intervenção estrutural no ambiente.

“O principal ponto foi conseguir fundir e manter todas as funções do apartamento – cozinha, quarto e sala – de maneira harmoniosa, dando o conforto e a sofisticação solicitados pelo cliente. O apartamento era pequeno e segregado. Todos os ambientes eram minúsculos, e integrá-los fez com que o apartamento tivesse amplitude”, explica o arquiteto Ivo Mareines.

O forro do teto é todo trabalhado em madeira e contrasta com o piso de cimento. O espaço é enriquecido por cortinas de seda e peças de design escolhidas a dedo pelos arquitetos, que se juntam a uma tela, do artista plástico Amilcar de Castro, para conferir mais sofisticação ao apartamento.

A cama fica no centro do projeto e tudo gira em torno dela. As sancas no teto, a iluminação e as cortinas reforçam essa ideia e atraem a atenção do visitante como um rodamoinho. “A cama do casal tem lugar de destaque no layout, ela é circundada por todas as áreas, como, por exemplo: o estar de leitura; a televisão; a bancada da cozinha com pia; o forno e a geladeira; além de um confortável banheiro”, relata Rafael.

Na fachada do Studio, a única intervenção foi a substituição das esquadrias originais por esquadrias acústicas, para melhorar o conforto acústico no ambiente.

Projeto de iluminação intimista

“O projeto Studio no Leblon possui uma iluminação intimista, com luzes em tons mais amarelados. As sancas de madeira reforçam ainda mais essa sensação, deixando clara a ideia de ser um ambiente bem aconchegante”, comenta Ivo.

Aplicação dos materiais predominantes

Os materiais predominantes no projeto foram a madeira de peroba mica – resistente, de tonalidade clara com diversas aplicações – e o cimento queimado. “O apartamento possui uma marcenaria bem artesanal e de excelente qualidade em quase todos os espaços”, finaliza o arquiteto Rafael.


Escritório

Mareines Arquitetura8 projeto(s)Patalano Arquitetura8 projeto(s)

Local: RJ, Brasil
Início do projeto: 2010
Conclusão da obra: 2011
Área construída: 37

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo