> > > Museu da Fotografia de Fortaleza

Museu da Fotografia de Fortaleza

Museu da Fotografia de Fortaleza
Com projeto do escritório Marcus Novais Arquitetura, o Museu de Fotografia de Fortaleza ganhou fachada escultural e programa organizado para abrigar mais de 2 mil fotos Foto/Imagem:Celso Oliveira

Prédio notável

Como um presente para a capital cearense, o escritório Marcus Novais Arquitetura transformou a antiga sede do Instituto Brasil Estados-Unidos (IBEU) para que esse espaço pudesse abrigar o Museu de Fotografia de Fortaleza. “Nossa intenção era aproveitar a estrutura existente para gerar um abrigo ideal para as exposições e suas áreas de apoio”, relata o arquiteto Yuri Praça.

Readequação

A maior dificuldade do escritório foi o aproveitamento da estrutura já existente e a acomodação do programa e infraestrutura, que foi cuidadosamente planejada para gerar um funcionamento sustentável. Eles também tiveram de lidar com um pé-direito baixo, de 2,30m em alguns casos, que acabou trazendo limitações ao projeto. Os arquitetos tiveram que recriar alguns ambientes, se adequando ao programa de necessidades.

O museu abriga mais de 2000 fotos envolvendo o período da Ditadura, do Cangaço e manifestações diversas. A temática é principalmente o fotojornalismo.

Museu da Fotografia de Fortaleza - Prédio notável<BR>
O museu abriga mais de 2000 fotos que retratam importantes acontecimentos históricos e culturais Foto: Igor Ribeiro

A fachada escultural se comunica com a região, podendo ser compreendida de várias maneiras, dependendo do observador. Destaque do projeto arquitetônico, ela foi uma das maiores readequações feitas pelos arquitetos.

“O destaque da fachada é a segunda pele de ACM perfurado. Este material foi paginado para exibir uma sutil diferença de gramatura nos furos que formam um mosaico, como uma alusão ao elemento da fotografia”, conta Praça.

Layout

Distribuição dos fluxos, respeito ao complexo programa de necessidades, eficiência energética e acessibilidade foram os conceitos que influenciaram o desenvolvimento do projeto. Uma das soluções interessantes de layout é que o átrio principal foi transformado em fonte de iluminação que atravessa e conecta os diversos pavimentos.

O projeto de interiores foi pensado para ser atemporal e neutro, para que as exposições ganhem seu merecido destaque.

Iluminação e paisagismo

O projeto de iluminação foi bastante criterioso e sutil, para não alterar a forma como as obras são percebidas pelos visitantes.

No projeto de paisagismo, o ponto alto as palmeiras Carnaúba, que foram intencionalmente posicionadas ao lado da fachada, a fim de reforçar o caráter regional.

Escritório

Marcus Novais Arquitetura3 projeto(s)

Local: CE, Brasil
Início do projeto: 2015
Conclusão da obra: 2016
Área do terreno: 1.000
Área construída: 2.000

Tipo de obra:
Museus

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo