> > > Casa Villa Marinero

Casa Villa Marinero

Casa Villa Marinero
Privilegiada com a deslumbrante vista das praias catarinenses, residência chama atenção por seu formato que parece flutuar entre as casas da região Foto/Imagem:Philippe Arruda

Beleza flutuante

Uma casa para explorar ao máximo a relação interior/exterior. Partindo dessa premissa, o escritório MarchettiBonetti+ projetou a residência com arquitetura moderna, que tira proveito da bela vista do mar de Florianópolis de todos os ângulos e cômodos. Todas as suas funções – sociais, íntimas e de serviços – são muito bem definidas pelos seus volumes e sua localização no conjunto.

De acordo com o arquiteto Giovani Bonetti, o projeto foi feito com base em três partidos. O primeiro é visual. “A casa aponta para a Baía Norte, entre a Ilha de Santa Catarina (Florianópolis) e a parte continental, contemplando a Ponte Hercílio Luz”, explica.

Além disso, o terreno íngreme precisou abrigar de forma harmoniosa as locações dos volumes da casa. “O segundo partido – a topografia – foi definitivo enquanto condicionante do projeto. Os três volumes acompanham a ascensão do terreno. A garagem se encontra junto ao leito da rocha e, sobre este, a área social, serviços e estar íntimo. Por último temos o volume dos quartos. E o terceiro partido era a localização do lote no condomínio, o mais próximo do acesso à rua”, detalha.

Como os proprietários recebem muitas visitas, foi fundamental a projeção de grandes e confortáveis quartos de hóspedes. Além disso, os ambientes são totalmente integrados para facilitar a circulação. Mas o maior destaque é o último pavimento íntimo, que flutua sobre a sala envidraçada. “A obra se destaca em relação a outras casas da região porque cria uma sensação paradoxal ao destacar-se na paisagem, mantendo-se leve e ‘flutuando’ para quem a vê do nível da rua. Para os proprietários, a vista da baía faz-se constante”, ressalta Bonetti.

Cobertura verde

A cobertura verde regula a temperatura do interior da residência. Dessa forma, ajuda a garantir economia de energia, pois diminui a necessidade de uso contínuo de aparelhos de ar-condicionado e aquecedores. “Além de contribuir para a eficiência térmica e energética, a cobertura também contribui para a sustentabilidade, já que as plantas absorvem uma quantidade considerável do gás de efeito estufa CO2”, destaca o arquiteto.

Materiais predominantes

Os pisos de todos os cômodos foram revestidos com madeira, exceto nas áreas úmidas, onde o mármore foi aplicado. Já as áreas externas receberam piso fulget.

Algumas paredes foram feitas de concreto aparente e um painel de madeira representativo se destaca na garagem. “Na churrasqueira aplicamos placas cimentícias cruas imitando concreto aparente. A porta do banheiro da piscina também é feita em madeira, no mesmo acabamento que o painel da garagem”, explica Bonetti.

 


Escritório

MarchettiBonetti+ Arquitetos11 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Início do projeto: 2010
Conclusão da obra: 2012
Área do terreno: 633
Área construída: 500

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo