> > > Cobertura Pedroso

Cobertura Pedroso

Cobertura Pedroso
Reformada pelo escritório luiz paulo andrade arquitetos, a Cobertura Pedroso possui em seu terraço um mirante particular Foto/Imagem:Edson Ferreira

Retrofit nas alturas

Após a reforma executada pelo escritório luiz paulo andrade arquitetos, a Cobertura Pedroso ganhou um mirante particular em seu terraço, com uma invejável vista para o Parque do Ibirapuera, cartão postal de São Paulo. Remodelados em 2014, o projeto arquitetônico e o de interiores do apartamento foram setorizados de maneira clara e integrada.

A integração é um ponto fortíssimo e a palavra-chave desse projeto Lucilla Mesquita

O programa consiste em dois pavimentos elaborados de acordo com as necessidades dos proprietários. No primeiro andar, encontra-se a cozinha interligada à sala íntima – que podem ser separadas por um painel de madeira de correr –, os dormitórios e banheiros. No andar superior, ficam os espaços sociais, o grande terraço com deck e um spa, o home theater, o escritório particular, uma ampla cozinha gourmet e a sala de estar.

Apartamento integrado

O arquiteto Luiz Paulo Andrade, um dos autores do projeto, conta que, antes da reforma, o espaço já possuía praticamente tudo o que era necessário para formatar uma planta regular de apartamento, porém, o layout não permitia liberdade de circulação e não era bem dividido.

“A família sempre morou em casa e estavam fazendo essa transição, então seria muito legal se trouxéssemos um pouco da atmosfera de uma casa para o apartamento. Por isso, optamos por setorizar de uma maneira bastante clara”, revela.

Para o primeiro andar, foram escolhidos os ambientes que seriam mais utilizados pelos proprietários no dia a dia. Os espaços foram unidos de maneira dinâmica, como no caso da cozinha com a sala íntima, que, mesmo integradas, podem ganhar privacidade quando o painel de madeira é fechado.

O acesso ao apartamento é feito pela grande forração ripada de bambu que começa na sala e termina nos dormitórios. Essa solução torna o programa enxuto, mas, ao mesmo tempo, amplo e integrado. Para a arquiteta Lucilla Mesquita, também autora do projeto, o método desenvolvido para unir a planta no primeiro piso é o seu ponto mais marcante. “A integração é um ponto fortíssimo e a palavra-chave desse projeto”, enfatiza.

Um grande painel ripado de madeira de bambu reveste a parede da sala íntima do apartamento até a entrada discreta para os dormitóriosFoto: Edson Ferreira

Terraço pontual

Apenas uma alteração estrutural foi feita durante a reforma: a remoção de um pedaço da laje do andar superior, para que fosse possível encaixar a nova escada interna, dando acesso ao andar superior, onde se encontra, de acordo com Andrade, o ambiente diferencial do apartamento: o terraço.

“O terraço dá ao apartamento aquele ar de casa que queríamos. Trouxemos a ele tudo aquilo que identificamos como lazer. Tem um home theater – onde os moradores gostam muito de reunir a família para ver filmes juntos –, um living e uma cozinha”, menciona.

Além disso, uma pequena piscina e um spa para relaxamento foram instaladas na parte externa do terraço, do qual os moradores têm uma vista limpa do bairro paulistano do Itaim Bibi. “Ficou um ambiente agradável e amplo. O apartamento se identifica nos dois andares apesar das diferenças claras de uso, então levamos o mesmo piso, a mesma forração de madeira e os mesmos detalhes Luiz Paulo Andrade Sentando-se no espaço gourmet, tem-se uma percepção total do apartamento”, expõe a arquiteta.

Materiais e revestimentos

A escolha de acabamentos foi focada no design e, sobretudo, na qualidade e baixa manutenção. O piso frio é contraposto por grandes painéis de madeira, tecidos e tapetes que oferecem conforto e um colorido equilibrado aos ambientes.

Para o térreo, os arquitetos optaram por materiais claros, como o porcelanato para o piso, no intuito de transmitir naturalidade aos espaços. A madeira está voltada para o calor do ambiente. Já o aço inox, utilizado em pequenas quantidades, deu um toque estilo industrial minimalista ao cenário.

Andrade explica também que, no andar térreo, o azul foi escolhido como cor predominante, sendo substituída pelo verde no piso superior, mas utilizando o mesmo revestimento em ambos os pavimentos. “O apartamento se identifica nos dois andares apesar das diferenças claras de uso, então levamos o mesmo piso, a mesma forração de madeira e os mesmos detalhes”, descreve o arquiteto.

Eficiência termoenergética

Pelo fato de ocupar a cobertura do prédio, o apartamento fica exposto a todo tipo de temperatura, quente ou fria. Por isso, Andrade e Mesquita se preocuparam em deixá-lo confortável em todos os seus espaços. Optaram por um grande gazebo e uma sala de vidro. Com os caixilhos de vidro, os espaços são ventilados e iluminados naturalmente.

Escritório

luiz paulo andrade arquitetos8 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2014

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo