> > > Clínica Escola da Faculdade Vale de Salgado

Clínica Escola da Faculdade Vale de Salgado

Clínica Escola da Faculdade Vale de Salgado
O edifício construído no perímetro de tombamento em Icó, no Ceará, abriga a Clínica Escola de psicologia e fisioterapia da Faculdade Vale do Salgado. O escritório Lins Arquitetos Associados assina o projeto Foto/Imagem:Joana França

Terreno de três frentes

Em Icó (CE), um sítio arquitetônico do século XVIII é o lar da Clínica Escola de psicologia e fisioterapia da Faculdade Vale do Salgado (FVS). O terreno de três frentes deu origem a um edifício de 3.948 m², com dois acessos.

Por estar localizado no limite do perímetro de tombamento, os arquitetos do escritório Lins Arquitetos Associados tiveram que adequá-lo a algumas diretrizes impostas pelo IPHAN. A construção deveria estar alinhada com o lote – sem recuo frontal – e, além disso, teria que seguir a paleta de cores da cidade, fazer o uso de materiais locais nas fachadas e ter gabarito de 7m.

Para atender a imposição do alinhamento com o lote, uma pele externa de cobogós amarelo foi colocada em todo o perímetro do edifício e, combinada com as aberturas aleatórias que remetem a esquadrias, causa dinamismo visual.

Entre as fachadas e as paredes, foram colocados jardins internos para gerar conforto térmico ao ambiente. E para complementar a praça central, um belíssimo jardim foi inserido na cobertura da lanchonete.

O terreno

Antes de alocar a Clínica Escola da FVS, o local contava com uma maternidade, uma delegacia – ambas desativadas – e um conjunto de três casas. Entre as construções já existentes, apenas a maternidade não foi demolida. Parte dela foi preservada, porém o interior do edifício recebeu um rasgo para conferir iluminação e ventilação.

Como o terreno tem três frentes, ruas opostas foram escolhidas para o acesso da clínica e do setor acadêmico. Uma circulação perpendicular é responsável por ligar ambas as entradas.

A praça interna serve de área de convivência para os alunos Foto: Joana França

Três portas de 9 metros foram instaladas na entrada da faculdade, para que a praça interna fosse integrada ao ambiente externo. Essa mesma praça é a área de convivência dos alunos, que conta com cobertura translúcida, bancos de concreto aparente e piso de tijolo cerâmico.

O projeto fez uso de materiais locais, respeitando a cultura e se adequando ao clima do ambiente onde está inserido. Os traços marcantes da fachada imprimem forte identidade a estrutura, gerando uma leitura contemporânea.

Programa de necessidades

Para a faculdade, a existência de algumas áreas era indispensável. O projeto deveria ter espaços para salas de aula, setor administrativo, coordenação, direção, sala de professores e biblioteca.

Para as clínicas – que atendem os alunos, funcionários e a comunidade do entorno – era preciso criar espaços amplos para a realização das respectivas funções. A clínica de psicologia necessitaria de salas para atendimento individual, em grupo, infantil e para casais. E a clínica de fisioterapia deveria contar com piscina para reabilitação e sala de atividades.

O primeiro pavimento conta com diversos ambientes. Nele estão localizados os espaços para as atividades de fisioterapia e psicologia, como as salas de atendimento, pediatria, sala de macas, ludoterapia, biblioteca, brinquedoteca, área da piscina etc. Já o segundo andar é inteiramente reservado para as salas de aula.


novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo