> > > 2ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal - Unileão

2ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal - Unileão

2ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal - Unileão
No clima semiárido de Juazeiro do Norte (CE), uma estrutura retangular abriga a 2ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal – Unileão. Os arquitetos do Lins Arquitetos Associados buscaram valorizar as formas simples Foto/Imagem:Joana França

Estrutura retangular

Em Juazeiro do Norte (CE), um edifício de 879 m² em formato de paralelepípedo deu origem à 2ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal – Unileão. Designado ao atendimento de causa judiciais de menor complexidade, o prédio conta com área de recepção e triagem, circulações públicas e privativas, salas de audiência e conciliação, e área administrativa.

O espaço é resultado de um convênio entre o Centro Universitário Unileão e o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará. Os arquitetos do Lins Arquitetos Associados conceberam uma estética diferenciada com formas simples, materiais locais e aspectos que condizem com o clima.

Um platô foi criado para acomodar a estrutura e adequá-la à topografia já existente, além de diminuir os custos com grandes movimentações de terra. Apesar de não ser ideal devido ao clima semiárido, as fachadas ficaram voltadas para Leste-Oeste, se fazendo necessário o uso de estratégias para o conforto térmico – como cobogós, pé-direito alto e jardim.

Espaços

A estrutura retangular tem o acesso por dois pórticos de concreto aparente. O principal está na fachada norte e serve para uso público em geral. Já o que está na fachada oeste é exclusivo para servidores.

Duas circulações paralelas – uma para público externo e outra para funcionários – servem de acesso para a administração. Ambas se comunicam em dois pontos: na recepção e em uma circulação perpendicular de uso restrito.

Os arquitetos optaram por utilizar materiais locais como piso industrial, textura branca nas paredes e cobertura metálica sob a platibanda Foto: Joana França

Esses espaços recebem diretamente a luz e a sombra gerada pelos cobogós presentes na fachada, que junto com o jardim interno, formam um microclima agradável para a sala de espera e de convivência.

As esquadrias de vidro incolor de 1,30 metros de altura estão presentes em todas as salas do edifício, para que, através dos elementos vazados, a iluminação natural chegue até elas.

Detalhes

Ao longo das fachadas leste e oeste, jardins internos de 3 metros de largura foram dispostos para barrar a incidência de luz solar nos ambientes. A alvenaria possui aberturas que ganham continuidade na laje – acima do jardim interno – de 20 cm, 40 cm, 60 cm, 80 cm, 100 cm e 120 cm, preenchidas com cobogós cerâmicos em tom de vermelho terroso, que permitem a passagem do vento e filtram a luz solar.

Esses elementos vazados são fixados com uma estrutura metálica auxiliar e conferem dinamismo às fachadas devido aos diferentes tamanhos. A escolha dos materiais prioriza a redução de custos e a funcionalidade, como o piso industrial, a textura branca das paredes e a cobertura metálica sob a platibanda.


Escritório

Lins Arquitetos Associados4 projeto(s)

Local: CE, Brasil
Início do projeto: 2015
Conclusão da obra: 2016
Área do terreno: 1700
Área construída: 879

Tipologia:
Governamental

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo