> > > Restaurante Le Manjue Organique

Restaurante Le Manjue Organique

Restaurante Le Manjue Organique
Vegetação em abundância, gastronomia orgânica, funcionalidade, iluminação simples e ampliação dos ambientes imprimem identidade ao restaurante Le Manjue Organique Foto/Imagem:Caio Braga

Reforma com personalidade

O objetivo do escritório Flávia Machado Arquitetura para a reforma do restaurante Le Manjue Organique foi deixar o espaço de refeição tão agradável quanto um jantar realizado em um jardim. Os arquitetos deixaram a natureza conquistar todo o espaço do pé-direito duplo e usaram materiais naturais, criando a sensação de aconchego. “A inspiração direcionou os conceitos da arquitetura sustentável e a gastronomia orgânica, do restaurante”, conta a arquiteta Flávia Machado.

Localizado na Vila Nova Conceição, em São Paulo, o empreendimento teve durante a reforma as áreas da varanda, do jardim interno e dos banheiros ampliadas, e toda a paleta de cores dos acabamentos, além do projeto de iluminação, foi mudada.

Executado em apenas um mês, o novo projeto deixou o local mais funcional, agradável e alinhado com a proposta de culinária saudável.

Iluminação e interiores

Para o projeto de iluminação, a opção por uma solução simples conferiu charme ao ambiente interno. Luminárias retrôs foram confeccionadas com lâmpadas suspensas por fios em diferentes alturas e enroscados em um cano metálico feito sob medida. A peça reduz sutilmente o pé-direito sem bloquear a passagem de iluminação e ventilação natural. “Escolhemos lâmpadas dimerizadas e no tom amarelo para criar um clima aconchegante”, comenta a arquiteta.

Na cozinha, baseada na integridade dos alimentos e em combinações que evidenciam o melhor de cada ingrediente, Flávia criou soluções decorativas simples, que resultaram em ótimo efeito. No salão, o forro de cortiça em tirinhas traz aconchego pela cor e textura e garante uma melhor acústica. Toques decorativos bastante lúdicos aparecem no banheiro, como a legítima bicicleta Caloi Ceci amarela, de 1970, que serve como bancada de apoio para a cuba.

Paisagismo

“As plantas são todas nativas da região e foram escolhidas de acordo com cada situação, como quantidade de iluminação, espécies trepadeiras que forram o teto e orquídeas e bromélias no jardim de entrada”, relata.

O ambiente é repleto de vegetação próxima às paredes e até expostas em vasos improvisados, como conchas de cozinha e latinhas. Ladrilhos em preto e branco, forro de cortiça produzido com madeira de reflorestamento e móveis de madeira reutilizada imprimem a identidade do local.


Escritório

Flavia Machado Arquitetura1 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2012
Conclusão da obra: 2012
Área do terreno: 200
Área construída: 250

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo