> > > Complexo Hotel Paineiras

Complexo Hotel Paineiras

Complexo Hotel Paineiras
A revitalização do antigo Hotel Paineiras no Parque Nacional da Tijuca é apenas parte de audacioso projeto do que contempla espaços para disseminação cultural e turística, além de servir como passagem para o Corcovado Foto/Imagem:Divulgação Estúdio América

No meio da floresta

Mais do que a revitalização do antigo Hotel Paineiras – situado no Parque Nacional da Tijuca –, o projeto objetiva a implantação de um complexo que contempla vários serviços como hospedagem, disseminação cultural e turística, além de servir como ponto de passagem para o Corcovado. A protagonista é a imensa flora que proporciona paisagens exuberantes.

Como explica a equipe do Estúdio America, “o programa é organizado de acordo com as possibilidades das edificações existentes, priorizando sempre a lógica de utilização integral dos espaços e a evidente opção pela paisagem. Ao mesmo tempo, é conveniente a clara demarcação das épocas das intervenções a partir da recuperação das construções originais que receberão novas funções anteriormente não disponíveis”.

Distribuição orientada pela natureza

O partido configura-se por meio da Estação de Transferência, formada por um ‘teto jardim’ permeado por vazios, que conecta todo o complexo: estação, estacionamentos, plataforma de embarque do trem, hotel, salões de exposições, restaurante, lanchonete, café e centro de convenções.

O percurso desenhado para os passeios turísticos toma a suave rampa que desce da plataforma de trem para um museu a céu aberto com informações e dados ecológicos da região; a Praça do Trem que acompanha espelhos d’água, lojas e bicicletários; o Pavilhão do Café; e o deck para o vale do Rio Cabeça que dá acesso à lanchonete sob o pavilhão. Continuando, chega-se ao Instituto Chico Mendes.

Hotel remodelado

A remodelação do hotel é pensada de maneira a privilegiar a entrada de luz natural, espaços arejados e integração com a paisagem. Assim, no pavimento térreo, a parede dos fundos é eliminada para o vislumbre da rocha – pano de fundo do espaço. O subsolo recebe a área de apoio e a cozinha. Os apartamentos adaptados ocupam os mesmos pavimentos originais, da década de 20, porém, com dois grandes vazios que permitem a iluminação e conexão visual com os demais andares.

O programa abriga, também, o Centro de Convenções com acessos independentes por meio de um novo bloco anexado ao hotel. Na antiga cobertura, cria-se um novo restaurante com vista panorâmica até o mar.


Escritório

Estúdio América3 projeto(s)

Local: RJ, Brasil
Área do terreno: 39.530
Área construída: 20.259

Tipo de obra:
Hotéis
Tipologia:
Lazer e Turismo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo