> > > Orquidário Professora Ruth Cardoso

Orquidário Professora Ruth Cardoso

Orquidário Professora Ruth Cardoso
As curvas transparentes do Orquidário Professora Ruth Cardoso destacam iluminação e ventilação natural Foto/Imagem:Cristiano Mascaro

Suave transparência

O Parque Villa-Lobos , na zona oeste da capital paulista, é agora o palco ao ar livre para o curvilíneo Orquidário Professora Ruth Cardoso. O arquiteto Decio Tozzi assinou o projeto, compondo com delicadeza uma estrutura metálica bem iluminada, que homenageia a antropóloga e professora universitária brasileira Ruth Cardoso (1930-2008).

Baseado em uma planta circular, o projeto arquitetônico está implantado a 1,5 m abaixo do nível do parque. A entrada se dá pela rampa que o contorna, com total acessibilidade para todos os públicos. Tozzi explica que esse método criou de forma natural um alicerce a 1,2 m de altura da superfície escolhida para abrigar a “oca transparente”, uma maneira poética de descrever o formato do Orquidário Professora Ruth Cardoso.

Inspiração arquitetônica

A arquitetura foi inspirada pelo meio habitacional de culturas africanas, indígenas e pré-colombianas. O arquiteto precisou estudar com precisão os métodos usados por esses povos para construir os seus domínios e transformar a natureza. Tozzi avaliou, entre outros aspectos, os modos de se obter a iluminação difusa e a aeração permanente por meio de processos construtivos e de formas condizentes com as técnicas utilizadas por esses diferentes povos.

Essas comunidades antigas adotavam a abertura zenital, feita de terra, para assim criar o pórtico que permitia a iluminação e a ventilação natural. Foi aliando essa tradição à tecnologia do aço que o arquiteto desenvolveu – recorrendo, ainda, à transparência do vidro e do plástico poliuterano – a estrutura de “oca” do Orquidário Professora Ruth Cardoso, permitindo que o seu interior sempre receba a luz solar.

Orquidário Professora Ruth Cardoso - Suave transparência
A entrada de luz e de ventilação natural garante conforto para o público e para a rica flora brasileira de orquídeas do local Foto: Cristiano Mascaro

“Concebi o desenho do orquidário a partir de uma ‘oca diáfana’ – transpassada pela luz –, homenageando desse modo a professora Ruth Cardoso com uma expressão contemporânea de culturas primitivas que a antropóloga estudava e as quais ele defendia como cidadã”, revela Tozzi.

Estrutura curvilínea

O destaque principal do projeto é a sua cobertura em forma de cúpula plena. Estruturada com uma curvatura de concreto que apoia os arcos sinuosos metálicos que a conformam, a colcha é vedada com a camada de poliuretano transparente.

No interior do Orquidário Professora Ruth Cardoso, encontram-se expostas as mais diversas espécies de orquídeas da flora brasileira. Para garantir o tratamento delicado que esse tipo de planta necessita, Tozzi precisou projetar uma viga vazada por meio da qual o volume de ar ideal possa circular de maneira permanente pelo interior.

“Esse arco vazado garante, por todos os lados, a articulação entre as treliças curvilíneas apoiadas no anel da planta semicircular e presas por meridianos horizontais, que foram ajustadas às formas de um quarto da esfera do orquidário”, disse o arquiteto.

A ventilação permanente é assegurada pelas colocações dos banzos – vigas nas quais se intercalam os degraus das escadas fixas ou móveis –, superior e inferior, que possibilitam a saída do ar pelas aberturas do arco mestre de concreto; este, por sua vez, exerce a função de ventilação duradoura.

“O projeto do Orquidário Professora Ruth Cardoso integra-se no espaço livre do Parque Villa-Lobos. Essa implantação e estrutura clara faz com que o orquidário se harmonize com as demais edificações do entorno”, conclui Tozzi.


Escritório

Decio Tozzi14 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2010
Conclusão da obra: 2010
Área construída: 250

Tipo de obra:
Centros Educacionais

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo