> > > Casa do Sol

Casa do Sol

Casa do Sol
Casa ampla integra-se ao entorno por meio de grandes aberturas e tem identidade única, alcançada por seu décor histórico e rústico Foto/Imagem:Jomar Bragança

Repleta de memórias

Disposta em um só nível e rodeada por charmosos jardins, a residência projetada pelo arquiteto David Guerra atende um casal com filhos e netos. “Marcada por aberturas abundantes de paredes e teto, a casa rústica é ao mesmo tempo contemporânea. O abundante uso de madeira de demolição e os móveis herdados da família garantem essa personalidade à morada. É um refúgio seguro e inspirador”, destaca o arquiteto.

A casa de programa simples foi instalada no nível acima da rua, com todos os cômodos em um só pavimento. Apenas o atelier e a sauna encontram-se no subsolo. A premissa do projeto, de acordo com Guerra, era garantir a entrada de luz natural nos ambientes. “Os proprietários sofriam com umidade e pouco sol na antiga residência. Pensando nisso, distribuímos os espaços e posicionamos grandes panos de vidro, inclusive, em aberturas superiores. Isso garantiu a ventilação cruzada e total integração com as áreas externas”, explica.

Ambientes inspiradores e soluções sustentáveis

O ambiente principal, formado pela integração da sala de estar, jantar e home theater, foi construído com estrutura metálica e pé-direito alto. A amplitude o diferencia dos outros espaços. A cozinha também pode estar, ou não, ligada à sala de jantar, pois a grande porta/painel de correr de madeira tem a função de dividir ou unir esses espaços.

Voltada para o jardim na área externa, uma completa cozinha gourmet – equipada com churrasqueira a gás ‘char broil’ – foi instalada para atender um grande desejo dos proprietários. Um spa exclusivo com aberturas oferece relaxamento, bem-estar e a bela vista das montanhas. Além disso, a casa conta com caixa de captação de águas pluviais para reaproveitamento e captadores de energia solar.

Materiais e décor traduzem história e identidade

Telhas cerâmicas compõem a cobertura. Um forro de madeira “ipê claro” segue a única água do telhado até os jardins, formando a varanda. “O piso da área avarandada foi revestido com ladrilho hidráulico de desenhos geométricos claros e suaves”, ressalta o arquiteto. Ele também destaca a pintura automotiva em tom café aplicada nas peças principais da residência que foram mantidas aparentes. “Esse acabamento casa bem com a tonalidade do forro e da madeira utilizada no piso do amplo ambiente interno”.

Todas as fachadas receberam textura italiana, e o décor tem personalidade com peças antigas – repletas de memórias – que a família adquiriu ao longo do tempo. “A mescla do novo com o mobiliário e os objetos antigos imprimiu à residência essa identidade única”, enfatiza Guerra.


Escritório

David Guerra Arquitetura e Interiores19 projeto(s)

Local: MG, Brasil
Conclusão da obra: 2011
Área construída: 600

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo